Homem manda nudes e cai em chantagem de criminosos em Ribeirão

Ele enviou R$ 1,7 mil aos criminosos; vítima pensou em se matar

Moeda Nacional, Real, Dinheiro, notas de real

Um morado em Ribeirão Preto perdeu R$ 1,7 mil depois de enviar fotos de conteúdo sexual a golpistas do Rio Grande do Sul. A troca de nudes ocorreu na noite de sábado (7) e o homem foi chantageado ao longo de quatro dias. Ele não prestou queixa com medo de represálias.
Segundo relato da vítima, ele foi abordado pelo Facebook com um pedido de amizade de uma mulher que afirmou ser de Pelotas. Durante a conversa, ela pediu o número de whatsapp e iniciou a conversa com a vítima.
Em determinado momento, disse que ele era bonito e pediu que ele enviasse fotos. O conteúdo começou a ficar sexual e, em determinado momento, o homem enviou imagens com conteúdo erótico.
Logo depois, ele foi chamado por um outro criminoso, que afirmou ser o pai da vítima. Ele começou a ameaçar a vítima e disse que faria a denúncia à polícia. “Ele me ameaçou, disse que eu seria preso por pedofilia. Eu fiquei desesperado”, conta.
Dinheiro
O criminoso pediu, ainda, que a vítima enviasse R$ 1 mil para evitar que a denúncia fosse feita. Sem condições, o homem pegou dinheiro emprestado com um agiota e enviou para o criminoso através de um depósito por pix.
Logo depois, outro número acionou a vítima, informando ser policial. “Disseram que teriam que receber o dinheiro para não dar andamento à denúncia”, disse o homem, que pediu novamente dinheiro emprestado e enviou outros R$ 700 aos criminosos.
Advogado
A vítima conta que chegou a pensar em se matar. “Eu peguei minha perua e cheguei a ir para cima de um viaduto. Ia me jogar, mas resolvi ligar para uma amiga. Ela pediu que eu falasse com um advogado, e ele me disse que eu tinha caído no golpe”, conta.
Apesar da orientação, a vítima continuou com medo. “Eu achei que eles iam divulgar minha foto”, conta.
Ele informou, ainda, que não irá acionar a polícia. “Quero só esquecer”, conta.

Nenhuma postagem para exibir