Homem fica em estado grave após ser espancado durante festa em Pitangueiras

Caso ocorreu na madrugada deste sábado (18), no bairro Jardim Bela Vista; corpo da vítima foi encontrado próximo a uma escola; família aponta homofobia

Júnior Foresti foi encontrado, por volta das 5h da manhã, com costelas quebradas e uma perfuração no pulmão Foto: Arquivo pessoal

Um homem ficou em estado grave após ter sido espancado durante uma festa, na madrugada deste sábado (18), no bairro Jardim Bela Vista, em Pitangueiras. Corpo do homem foi encontrado próximo a uma escola na região do evento. Nas redes sociais, a família diz que se trata de homofobia. 

De acordo com familiares, Júnior Foresti estava em uma festa no bairro Jardim Bela Vista, quando foi agredido. Após a violência, o homem ficou com costelas quebradas e sofreu uma perfuração no pulmão. Seu corpo foi encontrado, por volta das 5h da manhã, perto de uma escola. 

Foresti foi encaminhado, em estado grave, para o Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, onde está entubado e deverá passar por cirurgia. No Instagram, uma das filhas da vítima relatou o ocorrido. “A homofobia faz vítimas todos os dias. E hoje a vítima foi meu pai. Peço a todos que orem por ele e se você faz parte do grupo LGBTQIA+, por favor, eu imploro que se cuidem! Em uma cidade tão pacata e ridícula como a nossa também acontecem coisas ruins”, escreveu. 

“Meu pai está intubado, a gente não tem muitas informações sobre o que está acontecendo, só peço que vocês tomem cuidado. Homofobia mata. Ela machuca a gente. As pessoas acham que têm o direito de falar ou fazer alguma coisa só porque fulano de tal não anda na linha que vocês julgam correta. E eu não vou me calar diante a isso. Hoje foi meu pai, amanhã pode ser minha irmã, meu amigo, seu amigo ou até mesmo você. Vou até o final para que ao menos a justiça puna quem foi tão cruel a esse ponto”, disse Letícia Foresti. 

O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil. Até então, ninguém foi preso. 

Nenhuma postagem para exibir