Homem escapa de sequestro na zona Leste

A vítima não sabe explicar o motivo de ter sido levada pelos criminosos

Foto: Lúcio Mendes

Um pintor, 24, registrou uma ocorrência na manhã do último domingo (2), alegando que foi sequestrado na “Comunidade da Paz”, no Parque São Sebastião, zona Leste de Ribeirão Preto.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima compareceu à Central de Polícia Judiciária (CPJ), informando que estava em seu “barraco” quando três homens desconhecidos o abordaram e fizeram com que entrasse em um carro.

Ele contou que foi levado até o Jardim Aeroporto, onde ficou amarrado até o início da tarde desta segunda-feira (3), e de lá foi levado para uma chácara no bairro Ribeirão Verde. No local, ficou amarrado e foi agredido novamente, ouviu os homens insinuando que ele fazia parte de uma facção criminosa do Rio de Janeiro. Disse que havia cerca de 14 pessoas no local.

A vítima conseguiu fugir pulando um muro. Ao sair, percebeu que as pessoas que estavam ali estavam filmando uma cova que estava sendo cavada. Pediu socorro a um motorista de ônibus que passava, parou em um posto de combustíveis e chamou a polícia.

Depois dos fatos apresentados, a PM foi até a comunidade para buscar as duas filhas dele e a esposa, pois estavam sofrendo ameaças. Ele contou que trabalha em Ribeirão há um ano como pintor em uma construtora e que desconhece os motivos de ter sido levado pelos autores.

O caso foi registrado como sequestro e cárcere privado e a Polícia Civil vai investigar o caso.

Nenhuma postagem para exibir