Homem é preso após confessar ter matado a esposa no Ipiranga, em Ribeirão Preto

Testemunhas afirmam que a filha do casal , de 7 anos, teria visto a mãe ser esfaqueada

Foto: PixaBay.

O motorista Claudemar Silva de Araújo, 40, foi preso na madrugada desta segunda-feira (17) após confessar ter matado a esposa a facadas na casa em que moravam, no Ipiranga, zona Norte de Ribeirão Preto. Alessandra Jesus dos Santos Ferreira, 33, foi encontrada morta na cozinha com ferimentos no tórax e pescoço.

Segundo informações do Boletim de Ocorrência, o próprio homem teria ligado para o 190 e confessado o crime. Ele estava tentando fugir no quilômetro três da rodovia Anhanguera, com ferimentos na mão esquerda. A suspeita é de que o casal tenha se desentendido horas antes. O motivo ainda não foi esclarecido.

Na Central de Polícia Judiciária (CPJ), policiais descobriram que Alessandra já havia denunciado o marido quando viviam no Pará. Ela, inclusive, tinha uma medida protetiva que o proibia de chegar perto. No entanto, ambos teriam reatado o casamento quando se mudaram para Ribeirão Preto. Testemunhas afirmam que a filha do casal , de 7 anos, teria visto a mãe ser esfaqueada.

Claudemar foi levado a Unidade Básica Distrital de Saúde (UBDS) e, em seguida, encaminhado à CPJ. Ele responderá por homicídio qualificado, classificado como feminicídio.

Nenhuma postagem para exibir