Homem acusado espancar cachorro é liberado provisoriamente pela justiça

Em suas redes sociais que foram desativadas o homem relatou ser a oportunidade de se transformar em uma nova pessoa

Foto: Divulgação/Polícia Militar

O homem suspeito de maltratar um animal com uma mangueira de jardim foi liberado provisoriamente pela justiça nesta quinta-feira (10). Apesar de estar solto, ele cumpre medidas cautelares e precisa levar o bicho a avaliação veterinária.

Após a liberdade provisória concedida, em seu Instagram, Thiago Antônio Rodrigues de Barros, publicou uma foto ao lado do cão. Na legenda estava escrito que o objetivo para o dia era “ser uma pessoa melhor, não perfeito, apenas melhor que ontem”.

Tempo após a publicação, a rede foi desativada.

O caso

Thiago Antônio Rodrigues de Barros foi preso na última quarta-feira (9) no Adelino Simione por agredir com uma mangueira de jardim um cachorro. Após denúncia de uma ONG de proteção animal, a polícia foi até o local.

Chegando lá, o suspeito confessou que bateu no cão para educa-lo. Sendo assim o agressor foi levado para a Central de Polícia Judiciária (CPJ) e teve sua prisão em flagrante decretada.

Além da confissão do autor, uma vizinha registrou algumas imagens da ação do rapaz.         

Nenhuma postagem para exibir