A vítima teria se escondido do seu ofensor que portava uma faca de cozinha

A grávida, de 3 meses, foi agredida pelo companheiro e na tentativa de se esconder ela entrou no Supermercado no Jardim Itália. O caso aconteceu no início da noite desta quinta-feira (11).

Segundo a polícia, eles receberam um pedido de socorro, de uma vítima do sexo feminino, que teria sido agredida pelo companheiro, mesmo estando gestante. Ela relata já ter sido ameaçada de morte pelo homem.

Os policiais foram até o Supermercado onde a vítima teria se escondido do seu ofensor que portava uma faca de cozinha, após ter saído correndo de sua residência. Ao ser localizada, a mulher disse que já faz um certo período, que vem sofrendo agressões físicas e morais por parte de seu companheiro, mas nunca quis registrar as ocorrências e nem terminar o relacionamento.

A agressão

A vítima disse que quando retornou de trabalho, por volta das 18h40, o namorado a aguardava agressivo e alterado, começando a questiona-la sobre o atraso. Em seguida, desferindo xingamento o homem a acusou de traição, partindo para agressão, dando vários puxões pelo corpo e começou a esganar o seu pescoço da grávida.

Com a intenção de se defender, a mulher o atacou com as unhas. Em sequência, pegou uma mesinha e arremessou contra as pernas do agressor. O homem foi até a cozinha e se armou com uma faca, passando a fazer sérias ameaças de morte.

Foi quando a mulher saiu correndo e entrou no Supermercado, pedindo por socorro. Os dois foram encaminhados ao Pronto Socorro e depois para o plantão da Delegacia, onde o delegado de plantão determinou a elaboração do flagrante.

Texto: Pamela Santos