Coletiva de imprensa da força-tarefa/Divulgação PM

Policiais civis do DEIC/DEINTER TRÊS de Ribeirão Preto prenderam nesta quarta-feira (29) cinco pessoas na Operação DESMONTE UM, deflagrada para fiscalizar estabelecimentos que praticam o desmanche de veículos e, em alguns casos, a comercialização de peças automotivas no município.     

A operação, sob investigação precedente, iniciou com a suspeita da existência de uma rede de receptadores transacionando o comércio de peças ilícitas resultantes de furtos e roubos na cidade.

Quatro pessoas foram presas em flagrante delito, três pelo crime de receptação e uma por porte ilegal de arma de fogo. Um averiguado foi preso por mandado de prisão decretado e uma arma de fogo foi apreendida.

Foram recuperados três veículos que estavam com comunicação de estelionato, restrição judicial e uma motocicleta com chassi suprimido. Também foram apreendidos dois motores de motocicletas e um motor de automóvel.    

Os números finais da Operação, após a força-tarefa concluir as revistas e buscas, apontaram 43 estabelecimentos autuados e lacrados. O valor de multas aplicadas chega a R$ 1,4 milhão, segundo informações do comando operacional. Dos 43 locais lacrados, 31 estavam funcionando e 12 fechados.  

Também foram instaurados 44 processos administrados pelo DETRAN (Departamento de Trânsito do Estado de Sâo Paulo), da com previsão de responsabilização criminal e sanções administrativas, entre elas, o perdimento dos bens.

A força-tarefa foi composta pela Polícia Civil, Detran, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar Ambiental, Secretaria da Fazenda, Guarda Civil Metropolitana, Fiscalização Geral, Vigilância Sanitária e Saerp.     

A Operação DESMONTE UM foi deflagrada partir de apontamentos criminais relacionados a furto, roubo, receptação de veículos e denúncias reconhecíveis e anônimas. Uma sequência de operações congêneres está programada.