Expoagro de Franca faz outra vítima: Sapateiro é esfaqueado e leva 23 pontos

O caso ocorreu na noite de domingo (29). Na sexta-feira (27) outra agressão fora noticiada

A Expoagro de Franca deste ano registrou dois casos de agressão, cujas proporções tomaram conta dos noticiários policiais de muitas regiões. O primeiro ocorreu na sexta-feira (27), durante o show da dupla sertaneja Henrique e Juliano,  quando dois homens começaram a brigar. Na tentativa de separar os brigões, uma mulher é agredida com socos e pontapés por Augusto César, mestre de obras, 30 anos.

O motivo, segundo ela, deve-se ao fato de terem sido ofendidas por serem trans. Quando foi apartar a briga, a mulher trans foi covardemente atacada por Augusto, que gritava não ser ela uma mulher e sim um travesti. Augusto César nega que tenha dito isso para ofender e sim para evitar ser agredido. O caso está nas mãos da justiça para ser apurado.

A segunda ocorrência foi no domingo (29), durante o show da dupla sertaneja Zé Neto e Cristiano. O sapateiro Valdinei de Paula Rodrigues estava com a esposa e os filhos assistindo ao show, quando ocorreu uma briga ao lado dele. Um dos brigões, que Valdinei disse não conhecer, caiu ao seu lado. O outro acabou derrubando o sapateiro e, agarrado pela perna, foi agredido com uma facada, à altura da região lombar.

Ele foi atendido pelo SAMU e levado ao Pronto Socorro Municipal Álvaro Azzuz , onde recebeu 23 pontos no local. O ferimento foi considerado leve, apesar da necessidade dos pontos.

Em nota, a Organização da Expoagro disse que repudia toda e qualquer atitude de violência e se coloca à disposição da justiça para as investigações necessárias.

Nenhuma postagem para exibir