Estelionatário aplica golpe em hotel como falso juiz arbitral

 

A Polícia Militar foi prendeu na tarde desta terça-feira (4) um estelionatário, 37, que se apresentava como juiz arbitrário e aplicou golpe em hotel localizado na avenida Maurílio Biagi, zona Sul de Ribeirão Preto.

O gerente acionou os policiais militares quando ficou constatado que o suspeito agia nas dependências do hotel, fazendo vítimas entre os hóspedes.

Segundo informações de funcionários, o estelionatário estava hospedado desde o sábado (1) e no final de semana aplicou golpe contra uma profissional de estética, também hospedada no hotel.

A vítima relatou aos policiais que foi abordada pelo falsário e este se apresentou como empregado do hotel. De imediato, com uma “conversa” sutil e prestativa, insinuou que poderia “usufruir” com maior tranquilidade atendimento “vip” nos serviços de quarto, principalmente. Para tanto, precisava dos dados do cartão de crédito e do código de segurança do mesmo, para agilizar as “benesses”.

A vítima, acreditando na promessa do suposto funcionário, disponibilizou a senha.

Nesta terça-feira, ao realizar consulta no aplicativo do cartão bancário, descobriu que havia sido enganada e que o estelionatário pagou “fatura” do próprio hotel com seu documento bancário, além de outros gastos.

Quando os policiais militares chegaram na recepção, o gerente comunicou que o suspeito estava no quarto 238. De fato, o falso juiz arbitral, de paz, funcional dos direitos humanos e delegado de defesa, R.M., encontrava-se em repouso. Ele foi preso em flagrante delito por estelionato e levado para a Central de Polícia Judiciária.

Ele registra passagens pela Justiça e responde vários inquéritos policiais.