Estado reduz casos de vítimas de homicídios e estupros no mês de outubro

No período, roubos e furtos em geral e de veículos também diminuíram

Divulgação : SSP
Continua depois da publicidade

O Estado de São Paulo terminou o mês de outubro com redução nos indicadores de homicídios, estupros e em todas as modalidades de furtos. Os roubos em geral, de veículos e de carga também diminuíram e o indicador de extorsão mediante sequestro permaneceu zerado.

Os indicadores relacionados a mortes intencionais apresentaram 4,3% de queda de casos e 2,3% de vítimas. O primeiro passou de 253 para 242 na comparação dos meses de outubro de 2019 e 2020 – 11 a menos. O segundo passou de 261 para 255 (seis a menos). Os dois totais são os menores da série histórica, iniciada no ano de 2001.

Com as variações, as taxas de homicídios dolosos dos últimos 12 meses (de novembro de 2019 a outubro de 2020) ficaram em 6,52 casos e 6,81 vítimas de homicídios a cada grupo de 100 mil habitantes.

Já o indicador de estupros caiu 23,9%. O total passou de 1.306, em outubro de 2019, para 994 no mês passado. Em números absolutos, foram 312 a menos.

Crimes contra o patrimônio

O indicador de extorsão mediante sequestro permaneceu estável, sem nenhum registro, pela segunda vez consecutiva na série histórica, enquanto os casos de roubos seguidos de morte oscilaram de 18 para 21.

Nos furtos em geral e de veículos o recuo foi de 24,2% e 32,7%, respectivamente. Na primeira modalidade, a quantidade passou de 43.140 para 32.704, ou seja, 10.436 a menos. Na segunda, o número caiu de 8.083 para 5.442 (-2.641), ficando abaixo de 7 mil pela primeira vez na série histórica.

A tendência se estendeu para os roubos em geral, que apresentaram diminuição de 26,1%. Foram contabilizados 16.250 boletins de ocorrência desta natureza no mês passado, contra 22.003 em outubro de 2019.

Nos roubos de carga a diminuição foi de 31,5%, já que o total passou de 677 para 464 (-213 casos). Já nos roubos de veículos, que recuou 38,4%, o total passou de 3.821 para 2.354 – a menor soma da análise.

Já os roubos a banco subiram de um para quatro na comparação mensal.

Produtividade

O trabalho realizado pelas três polícias estaduais em outubro deste ano resultou em 12.559 prisões. No período, 996 armas de fogos foram retiradas das ruas e 3.401 flagrantes de tráfico de drogas foram registrados.

Nenhuma postagem para exibir