Discussão por ciúmes e provocações termina com quatro homens agredidos a pauladas

Entre versões dadas para o caso, homem afirma que briga começou após rivais mexerem com a namorada de seu filho

Foto: Viatura da Polícia Militar - Foto: Lúcio Mendes

Quatro homens se envolveram em uma briga seguida de pancadaria, em frente a uma lanchonete, na avenida Capitão Luís Brandão, no bairro Vila Max, em São Carlos, noite desta terça-feira (18). Uma das versões, dadas pelos indivíduos à Polícia Militar, aponta que a discussão teria começado após os filhos de um dos envolvidos mexerem com a nora de um dono de bar. 

Uma discussão terminou em agressões a pauladas na frente de uma lanchonete, na noite desta terça-feira. Quatro homens teriam se desentendido após supostas provocações. A Polícia Militar foi acionada para resolver o caso e aos agentes cada um dos indivíduos contou uma versão diferente.

O acusado pela agressão,  um ajudante de eletricista, disse que estava em seu bar, quando um pai e dois filhos passaram com um carro em frente ao seu bar, supostamente apontado uma arma para ele. Porém, conta que a discussão começou no dia anterior, quando um deles mexeu com a namorada do seu filho.

Com as provocações, o ajudante não pensou duas vezes, pegou seu carro e foi atrás do trio, que parou na frente da lanchonete. O homem conta que neste momento os rivais jogaram uma lata de cerveja em seu carro e para se defender ele pegou um pedaço de madeira e agrediu o três. 

Já as vítimas, alegam  que estavam indo fechar o caixa de seu estabelecimento, quando passaram em frente ao bar do autor. De acordo com eles, o homem achou que estavam tentando imitá-lo e saiu com o veículo em direção a eles.  Foi quando os homens decidiram parar o carro e o eletricista começou com as agressões. 

Acionada ao local, a Polícia Militar encontrou três homens feridos, sendo que um deles estava embriagado e precisou ser socorrido.

Nenhuma postagem para exibir