DIG/DEIC prende investigado de homicídio dentro de escola

A vítima foi espancada até a morte

Rede social
Continua depois da publicidade

A Delegacia de Investigações Sobre Homicídios de Ribeirão Preto (DEIC/DEINTER 3) , prendeu nesta terça-feira (28) o investigado do homicídio que resultou na morte de Thales Fernando dos Santos Souza (30), no interior da Escola Estadual Doutor Meira Júnior, na Vila Virgínia, zona Sudoeste Ribeirão Preto.

Thales foi encontrado com sinais de espancamento na quadra de esportes da escola, em 6 de outubro do ano passado.

O delegado Rodolfo Latif Sebba e investigadores, com atuações de campo na região e questionamentos a moradores locais, concluíram que o investigado W.M.O.S. era o autor do crime.

Ele foi levado para a Central de Polícia Judiciária, onde confessou ter cometido o homicídio, esclarecendo, segundo seu depoimento, que Thales o havia agredido antes, quando estavam consumindo drogas.

Outros possíveis envolvidos são também investigados.

O corpo foi identificado em 13 de outubro de 2019, conforme divulgação do portal thathi.com.br à época :

“Família identifica corpo de homem encontrado morto em escola de Ribeirão
Homem de 30 anos morava em Franca; caso será investigado pela Polícia Civil

Familiares reconheceram neste sábado (12) o corpo do homem encontrado morto por múltiplos ferimentos, decorrentes de espancamento, no interior da escola estadual Doutor Meira Júnior, no domingo (6), na Vila Virgínia, zona Sudoeste de Ribeirão Preto.

A vítima foi identificada como Thales Fernando dos Santos Souza, 30, natural de Franca.

A mãe do rapaz, Tânia Bertoni, em rede social, informou que o sepultamento será no Cemitério Santo Agostinho, em Franca, na manhã deste domingo (13).

O homicídio é investigado em parceria pelas policias civis de Ribeirão Preto e Franca.”

Nenhuma postagem para exibir