Sequestro em Ribeirão Preto: Pai entra armado em unidade de acolhimento e leva filho de cinco dias

Conselho Tutelar resgatou a criança e apontou falta de segurança no local

Criança foi resgatada pelo Conselho Tutelar

Na última quinta-feira, 26 de maio, em Ribeirão Preto, um pai entrou armado em uma unidade de acolhimento, e levou o próprio filho de cinco dias que estava no local após uma medida judicial.

A conselheira tutelar Gislaine Santana apontou uma falta de segurança da unidade “É um local de fácil acesso, um local desprotegido, onde só existe um guarda patrimonial.” disse.

Segundo ela, há falta de funcionários e uma superlotação, o que dificulta a proteção das crianças. Gislaine acredita que o caso aconteceu devido a essa falta de estrutura da unidade.

O conselho tutelar resgatou a criança que já está em segurança com a mãe e medidas estão sendo tomadas em relação ao incidente. O Saica ( Serviço de Acolhimento Institucional a Crianças e Adolescentes em Situação de Vulnerabilidade e Risco Social) já notificou o Ministério Público sobre essas e outras ocorrências similares no local.

De acordo com a também conselheira tutelar Joyce Paulino, denúncias já foram feitas para a Secretária de Assistência Social. “Fizemos agora um ofício, faz mais ou menos trinta dias e até hoje não obtivemos a resposta” disse. Segundo ela, o ofício questiona sobre a estrutura da unidade de acolhimento.

Confira a reportagem do Thathi Cidades sobre o caso:

Nenhuma postagem para exibir