Conselheiro Tutelar é agredido com cabo de vassoura na cabeça ao averiguar denúncia em Ribeirão Preto

criança de 4 anos sofre maus-tratos e mora com a avó; após o ocorrido, a família fugiu e ninguém foi encontrada

Viatura Policia Militar
Imagem ilustrativa de uma viatura da Polícia Militar - Foto: Lúcio Mendes
Continua depois da publicidade

Um conselheiro Tutelar de 28 anos foi agredido na tarde da última segunda-feira (6), após averiguar uma denúncia anônima de maus-tratos à uma criança de quatro anos no bairro Vila Amélia, zona Oeste de Ribeirão Preto. Segundo a denuncia, a criança estava sob cuidados da avó e sofria maus-tratos frequentemente.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, a agressão ocorreu assim que a vítima encontrou a mãe da criança e pediu para ir de encontro com a mesma. A mãe, indignada com a presença do conselheiro, o agrediu com socos no rosto e pauladas utilizando um cabo de vassoura.

O homem chegou a pedir ajuda para os vizinhos que acompanhavam a discussão, e, quando a mulher foi afastada, o mesmo correu para o carro e chamou a polícia. A mulher fugiu para dentro do bairro junto com a avó e a criança, que seguem, até o momento, foragidas.

Outra equipe do Conselho Tutelar foi mandada para a residência no período da noite, mas não havia ninguém no local. O caso foi registrado como lesão corporal e será investigado pela Polícia Civil.

O Grupo Thathi tentou entrar em contato com a vítima, mas não foi possível até o fechamento da matéria.

Texto: Antônio Melo

Nenhuma postagem para exibir