Companheiro crava faca no peito da avó na frente da neta

Caso ocorreu em São Carlos; homem foi preso e responderá por feminicídio

Viatura Policia Militar
Imagem ilustrativa de uma viatura da Polícia Militar - Foto: Lúcio Mendes

Uma mulher de 60 anos foi assassinada pelo companheiro na frente da própria neta, de nove anos, na madrugada desta sexta-feira (11), em São Carlos. A discussão que acabou levando à morte começou quando a mulher foi cobrar o parceiro pelo fato de ele ter ido a um bar e consumido cerveja. O acusado foi preso pela Polícia Militar. O caso ocorreu por volta da 1h

O casal mantinha relacionamento amoroso há quatro anos e, de acordo com informações colhidas pela Polícia Civil, estava se separando. Em depoimento, a neta da vítima afirmou que o suspeito teria ido ao bar tomar cerveja e. Ao ser repreendido pela mulher, ele teria desferido tapas no rosto dela.

Na sequência, a neta teria tentado apartar a briga, mas foi ameaçada pela vítima. Em seguida José Carlos foi até a cozinha e pegou uma faca. A neta gritou com ele e foi ameaçada. Na sequência José Carlos cravou a faca no peito de Aparecida.

A neta entrou então na cozinha e tentou socorrer a avó, sem sucesso. A garota saiu para a rua pedindo socorro e foi avistada por um motociclista. A menor foi até a casa de um tio, que morava nas proximidades, e contou o ocorrido.

A polícia

Segundo relato de policiais que atenderam a ocorrência, uma viatura fazia ronda pelo bairro quando foi parada por um motociclista, que informou que uma criança estava nas redondezas pedindo socorro na rua.

De posse da localização, os policiais foram até a rua e encontraram José Carlos Donizete de Almeida, o companheiro da vítima, Fátima Poli Gambim. O homem aparentava nervosismo.

Ao ver os policiais, o aposentado afirmou que tinha desferido uma série de facadas na companheira depois de um desentendimento do casal. Os policiais entraram na casa e encontraram o corpo da vítima, com uma faca cravada no peito.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, mas constatou a morte da vítima no local.

José Carlos foi conduzido ao Plantão Policial, autuado em flagrante pelo crime de feminicídio. Ele responderá pelo crime e está sujeito a uma pena de até 30 anos de prisão.

Nenhuma postagem para exibir