Comerciante cai em golpe do “leilão fake” e perde R$ 35 mil

Vítima, que é do Rio de Janeiro, veio buscar carro e constatou o problema; Polícia Civil acredita em outras vítimas

Continua depois da publicidade

Um empresário perdeu R$ 35 mil depois de ser vítima de um estelionato praticado através de um site falso de leilões. Ele comprou um carro através da rede mundial de computadores. Os criminosos usaram a marca de uma empresa de Ribeirão Preto que atuou na área, mas está fechada, para aplicar o golpe. A Polícia Civil acredita que há mais casos e investiga o caso.

O autor da denúncia foi o comerciante Joareis Ferreira, 52, morador no Rio de Janeiro. Ele esteve em Ribeirão na sexta-feira (31) para receber que tinha comprado, mas acabou tendo que registrar o boletim de ocorrência sobre o caso na Central de Polícia Judiciária de Ribeirão Preto.

Ferreira disse que descobriu que tinha sido em vítima de um golpe e decidiu registrar o caso na cidade. “O que aconteceu foi que, olha só, por ser acostumado comprar carros em leilão, entrei na internet e encontrei o site do Seven Leilões. Achei que era confiável e comprei um Corolla 2014”, explicou.

Ferreira contou ainda que chegou a enviar o comprovante do depósito para os golpistas. “Fiz o pagamento de R$ 35 mil que eles me pediram e mandei o comprovante. Eles ligaram pra mim, falando o veículo estava reservado pra mim. Viajei do Rio pra Ribeirão Preto. Quando cheguei aqui, era uma armadilha”, disse.

O golpe

Ele conta que foi ao local que constava no endereço receber o carro, mas que, ao chegar ao local, percebeu. “Um vigilante que estava no galpão onde funcionava o Seven Leilões falou que esse site já enganou várias pessoas, e muita gente perdeu muito dinheiro”, desabafou.

Ferreira afirmou que soube que algumas pessoas estão aplicando golpes como se fossem os proprietários do site e, que a empresa encerrou as atividades após o falecimento do dono, quando, de fato, os leilões aconteciam verdadeiramente.

A vítima também comentou sobre outros casos, e mencionou um comprador de Goiás, ludibriado no golpe, que teria perdido mais de R$ 140 mil.

O Grupo Thathi tentou contato com a empresa através dos telefones disponíveis no site da mesma, mas ninguém atendeu e não houve retorno.

Mais um caso

Nesta terça-feira (4), pai e filho, de Santa Catarina, registram novo boletim de ocorrência na Central de Flagrantes como vítimas do mesmo golpe. Segundo ambos, o prejuízo também foi de R$ 35 mil.

Confira a entrevista de Joareis Ferreira ao repórter Lúcio Mendes.