Caçadores se dão mal e acabam presos pela polícia após matarem paca na região

Polícia apreendeu também carabinas de pressão e adaptadas para caça; homens estão à disposição da Justiça

Paca abatida foi encontrada com caçadores - Foto: Polícia Ambiental

A Polícia Ambiental da região de Ribeirão Preto prendeu dois caçadores, no sábado, em Araraquara. Os homens portavam armas de caça e, com eles, foi encontrada uma paca, abatida irregularmente. Os homens responderão por crime ambiental.

A operação, chamada Florestas Mais Seguras, foi iniciada com a abordagem a um motociclista na área rural da cidade. Com o homem, foram encontradas duas duas carabinas, sendo uma de pressão modificada para calçar munição .22 e outra calibre .32, sem nenhuma documentação.

Ao ser indagado para onde estava se dirigindo, o infrator da lei informou que ia a um sitio de um amigo, onde haveria mais armas e munições. A Polícia Ambiental solicitou apoio de outra viatura e foi até o local.

Revista

Lá, encontraram um segundo caçador, que portava uma espingarda calibre .32, um cano de espingarda calibre .32 e 27 munições, entre intactas e deflagradas. Na casa do homem, foi encontrada outra carabina de pressão e uma paca abatida, congelada.

Ambo os caçadores receberam voz de prisão no local e foram conduzidos até o Plantão Policial de Araraquara, onde ficaram à disposição da Justiça. Eles responderão por crime ambiental.

Nenhuma postagem para exibir