Cabeleireiro é preso em São Carlos acusado de pedofilia e zoofilia

O homem, que não teve o nome divulgado, foi detido pela Polícia Civil na tarde desta quarta-feira (27)

Imagem ilustrativa de sirene de uma viatura da Polícia Militar - Foto: Divulgação

Um cabeleireiro, que não teve a identidade divulgada, foi detido pela Polícia Civil, na tarde desta quarta-feira (27), acusado de pedofilia e zoofilia. O caso aconteceu em São Carlos, e o mesmo teve a prisão decretada pela 1a Vara Criminal da cidade.

O homem, que é conhecido pelos desfiles realizados durante o período de carnaval, possuía em seu sítio e em uma residência o total de 10 cães. Esses animais, de acordo com a polícia, eram violentados sexualmente. Ainda segundo as autoridades, vídeos e fotos do ato ilícito eram disponibilizados em grupos no WhatsApp.

Em ambas as propriedades, a equipe policial apreendeu um computador e um celular, aparelhos que possuíam conteúdo suficiente para incriminar o cabeleireiro.

Pedofilia

Em relação à pedofilia, a delegada responsável pelo caso, Beatriz Lopes, afirma que materiais explícitos do crime também foram encontrados nos equipamentos apreendidos. No entanto, não é possível identificar as pessoas que aparecem nas imagens

O homem já foi interrogado, e o caso é investigado pelas autoridades. Uma audiência de custódia deve acontecer nos próximos dias, quando o futuro do cabeleireiro será definido pela Justiça.

Nenhuma postagem para exibir