Brincadeira com pistola de mentira acaba com homem morto a facadas na região

Vítima sacou simulacro e afirmou que iria "matar todo mundo"; houve reação e foram desferidos contra ele várias facadas

Arma de brinquedo gerou morte em Matão - Foto: Matão Urgente

Um homem de 30 anos, de identidade ainda não confirmada, morreu na manhã desta sábado (18) no Jardim Popular, em Matão, depois de uma brincadeira mal sucedida. Ele se aproximou de um grupo de pessoas e sacou uma pistola de brinquedo, afirmando que iria “matar todo mundo”. Um dos homens estava com uma faca e reagiu, atingindo o jovem.

A confusão ocorreu por volta de 5h30 da manhã deste sábado, no cruzamento da Rua João Cechetto com a Avenida Mato Grosso do Sul, reduto de nordestinos. Um grupo de amigos conversava quando o rapaz chegou.

Segundo relato de testemunhas, o primeiro golpe atingiu o pescoço, derrubando a vítima. O homem passou então a receber uma saraivada de chutes, socos e golpes de faca. “A vítima clamava pela vida e o autor não queria nem saber, só furava”, disse a testemunha, que preferiu não se identificar.

“Todo mundo identificou que era arma de brinquedo. Ai o autor chegou perto dele e deu a primeira facada”, contou a testemunha. “Forou igual animal, sem dar chance nenhuma. O cara pedindo pela vida e ele furando”, contou. “Matou o cara na covardia. A faca era grande”, informou.

Mais uma vítima

Além do homem, que morreu na hora, outro popular acabou ferido por conta de uma facada. O homem testemunhou a situação e foi tentar intervir em defesa do jovem que sacou a pistola e acabou levando uma facada na mão. Ele foi socorrido à Unidade de Pronto Atendimento da cidade, onde o ferimento foi suturado.

“Quando eu agarrei a vítima, que já tinha levado a primeira facada, eu levei uma facada na mão (…) a vítima estava com uma pistola, acho que uma réplica, ameaçando de matar as pessoas, e o rapaz foi pra cima”, conta. “Por pouco não sobra pra mim, eu quase morre”, disse o homem.

Momentos depois chegou ao local uma equipe da Polícia Militar. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado e a vítima chegou a ser socorrida, mas chegou ao Pronto Socorro da cidade já em óbito.

Autor

A polícia identificou o autor das facadas e chegou a ir até a casa dele, mas o homem não estava no local. Ele fugiu levando a arma do crime e, até o momento, segue foragido.

O local foi preservado até a realização da perícia, pela Polícia Científica, que terminou por volta de 6h30 da manhã. A arma de brinquedo foi apreendida e será periciada. A Polícia aguarda familiares da vítima para sua identificação antes do encaminhamento ao Instituto Médico Legal de Araraquara.

Nenhuma postagem para exibir