Bebê de 5 meses é internado em estado grave após aplicação de medicamento

A criança teve uma parada cardiorrespiratória; ela deu entrada no Hospital São Joaquim de Franca, depois de apresentar um quadro de diarreia

Imagem ilustrativa de uma criança no hospital Foto: Getty Images

Um bebê de cinco meses está internado, em estado grave, em decorrência de uma parada cardiorrespiratória, após a aplicação de um medicamento por uma profissional de Saúde, em Franca. A criança deu entrada no Hospital São Joaquim de Franca, depois de apresentar um quadro de diarreia.

Nesta quarta-feira (18), a mãe, Rafaela Vieira Buaretti, 24, publicou um vídeo nas redes sociais, se manifestando sobre o caso. Nas imagens, a mulher diz que a filha não apresentava febre e atribui o quadro da filha a um erro médico.

“Eles tentaram reanima-la [filha] e ela está na UTI até o momento, em estado gravíssimo. Não sabemos se ficará sequelas, se ela vai acordar ou não, tudo por um erro médico, onde a médica prescreveu uma dose errada e não prescreveu como deveria ser administrado o remédio”, diz a mãe.

A aplicação foi feita por uma enfermeira, depois de a médica solicitar exames de sangue e fezes para obter um diagnóstico preliminar. Em seguida, a criança passou mal.

Em decorrência dos fatos um boletim de ocorrência foi registrado e a Polícia Civil vai apurar o caso. A situação ocorreu na última sexta-feira (13).

Outro lado

Em nota, o Hospital afirma que não é possível afirmar e identificar o que causou as reações adversas. Sendo assim as apurações estão ocorrendo. Além disso, negou a falha técnica por parte da médica.

“Neste momento ainda não é possível dizer qual o motivo das reações adversas. Por isso, as apurações vão continuar, com o objetivo de elucidar o caso, mas por dever de justiça, o São Joaquim Hospital e Maternidade vem a público esclarecer que não foi identificada falha técnica da médica que atendeu a paciente, ao contrário do que foi divulgado publicamente em redes sociais”, diz o texto.

Segue a nota completa:

Em vista de informações divulgadas em redes sociais a respeito de uma paciente que sofreu reações adversas após medicação, o São Joaquim Hospital e Maternidade comunica que os profissionais de saúde que atuam em suas dependências estão envidando todos os esforços para o restabelecimento da saúde da paciente, além de esclarecer a família a respeito da evolução do quadro clínico.

Neste momento ainda não é possível dizer qual o motivo das reações adversas. Por isso, as apurações vão continuar, com o objetivo de elucidar o caso, mas por dever de justiça, o São Joaquim Hospital e Maternidade vem a público esclarecer que não foi identificada falha técnica da médica que atendeu a paciente, ao contrário do que foi divulgado publicamente em redes sociais.

Fonte: F3Notícias

Nenhuma postagem para exibir