Barulho de ventilador termina em barraco na polícia em cidade da região

Vizinha queria que família deixasse equipamentos desligados; caso foi registrado na Polícia Civil

Ventilador de teto gerou discórdia entre vizinhos - Foto: Divulgação

O barulho provocado por um ventilador terminou com ofensas e com a intervenção da polícia em São Carlos na manhã desta quinta-feira (1). Indignada com o barulho do aparelho, uma vizinha apelou ao síndico, que, por sua vez, chamou a polícia. Dois boletins de ocorrência sobre o caso foram registrados e a Polícia Civil irá apurar o assunto.

A confusão começou em agosto do ano passado, quando um casal e as filhas se mudou para o apartamento. Logo depois, foram instalados, nos quartos, ventiladores de teto.

A vizinha do andar superior, entretanto, começou a reclamar que os equipamentos faziam muito barulho, não permitindo que ela dormisse à noite. A família então passou a utilizar menos os aparelhos para evitar problemas.

Com a recente onda de calor, entretanto, a família voltou a utilizar o equipamento de forma intensa, gerando nova reclamação da vizinha. A gota d´água ocorre na segunda-feira (28), quando, de madrugada, a vizinha acionou o síndico que, ato contínuo, acionou o casal.

Treta

Dessa vez, entretanto, o calor falou mais alto e o casal afirmou que não iria desligar o aparelho.

Indignada, a vizinha começou  bater no chão com um cabo de vassoura, impedindo o sono dos moradores.

Depois do bate-boca e de muita discussão, a família resolveu chamar a Polícia Militar, que compareceu ao local e constatou, em parceria com o síndico e com os envolvidos, que o barulho produzido pelos equipamentos estavam dentro da normalidade.

Não satisfeita, a vizinha denunciou o caso à Polícia, sendo que a família também fez um boletim de ocorrência sobre o assunto. As autoridades irão, agora, apurar o caso.

Nenhuma postagem para exibir