Baleado, homem chega de moto a UBDS e diz não saber de onde veio o tiro

Crime pode ter relação com a guerra das facções criminosas da cidade; vítima está internada no Hospital das Clínicas

Hospital das Clínicas, unidade de emergência - Foto: Reprodução

Um homem de 47 anos foi socorrido, por volta das 21h de domingo (2), depois de chegar baleado à Unidade Básica e Distrital de Saúde da Vila Virgínia. O homem foi enviado ao Hospital das Clínicas, onde está internado. A Polícia Civil apura as circunstâncias da ocorrência.
Donizeti da Silva chegou até à UBDS de moto depois de ser baleado e não soube informar aos policiais e médicos detalhes sobre a ocorrência. Ele foi atendido e constatou que tinha tomado um tiro na perna esquerda.

Atendido na unidade de saúde, o homem foi transferido para a Unidade de Emergência do HC, onde a polícia militar foi chamada e o crime, qualificado como tentativa de homicídio, foi registrado pela Polícia Civil. A reportagem não conseguiu confirmar o estado de saúde do homem.

Guerra de Facções

Até o momento, as autoridades ainda não têm informações sobre o autor do disparo, porém continua investigando se a causa do crime que pode estar relacionada a guerra entre facções criminosas por pontos de venda de entorpecentes na cidade.

Conforme já noticiado pelo grupo Thathi, facções criminosas que atuam na cidade começaram um enfrentamento em setembro de 2020. Desde então, ao menos trinta pessoas foram mortas em decorrência da disputa, de acordo com investigações conduzidas pela Polícia Civil na cidade.

Nenhuma postagem para exibir