BAEP prende dois integrantes da quadrilha que assalta em Jardinópolis

Justiça decretou a prisão da dupla na audiência de custódia

Foto: Lúcio Mendes
Continua depois da publicidade

Policiais militares do Baep prenderam dois indivíduos em flagrante delito na manhã desta terça-feira (25), sob suspeita no roubo de quatro motocicletas do pátio da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) em Jardinópolis.

O vigia, Jose Carlos Rodrigues Moreira, 57, relatou na Central de Flagrantes que seis criminosos invadiram o local e o renderam. Ele foi agredido e “riscado” duas vezes no tórax por um facão que um dos assaltantes empunhava.

O  assalto ocorreu por volta das 3h, no pátio onde veículos apreendidos pela polícia ficam estacionados.

Na entrevista concedida ao Grupo Thathi de Comunicação, a vítima disse que os ladrões “ameaçavam que iam me matar. Fui agredido com socos e tive o pescoço amarrado com fio. Eu falava que estavam me enforcando, mas eles não tinham dó. Eles queriam saber se eu tinha arma e dinheiro, mas eu não tenho”, relatou.

José Carlos ficou amarrado enquanto os assaltantes colocavam duas motos em uma VW Kombi. Ele conseguiu escapar porque os bandidos “esqueceram” um alicate para trás que usou para cortar os fios e pedir ajuda para uma filha.

A Polícia Militar foi acionada e fez diligências na rodovia Anhanguera. Dois suspeitos foram detidos em uma VW Kombi, próximo a Ribeirão Preto e abordados.

O sargento PM Cleber Vicente da Silva esclareceu que os indiciados negaram participação no crime, afirmando que não estavam envolvidos, mas José Carlos reconheceu ambos. “Durante as agressões, os ladrões pegaram um facão e passaram no meu peito, machucando”, desabafou a vítima.

Horas depois, policiais militares localizaram as outras duas motocicletas levadas, abandonadas em um terreno próximo a Jurucê.

A Polícia Civil e a Militar procuram pelos outros 4 envolvidos na ação criminosa.

Nenhuma postagem para exibir