BAEP localiza “refinaria”de drogas e apreende explosivo na Favela do Simioni

A ação terrestre dos policiais militares do BAEP recebeu apoio aéreo do helicóptero Águia

Emulsão explosiva e grande quantidade de drogas na Favela do Simioni

Policiais militares do 11° Batalhão de Ações Especiais de Ribeirão Preto (BAEP) “estouraram” um laboratório improvisado para refinar cocaína na tarde deste sábado (7), na avenida Magid Simão Trad, Favela do Simioni, Zona Norte de Ribeirão Preto.

Em viaturas, diligenciavam no patrulhamento para identificar e prender traficantes que atuam costumeiramente nas imediações, quando dois indivíduos, percebendo a chegada dos policiais, correram para o interior de uma favela ali existente, fugindo por um corredor.

Ato contínuo, os militares desembarcaram e foram no encalço dos homens, agora suspeitos, e localizaram um casebre com a porta aberta. Ao adentrarem no cômodo, encontram uma grande quantidade de drogas e, de imediato, constataram que o local era usado por traficantes para refinar e guardar as drogas ilícitas.

Foram apreendidos, aproximadamente, 12kg de cocaína em pinos e também em grande quantidade a granel, além de maconha, crack, comprimidos de esctasy, LSD e uma prensa industrial.

E mais, cinco rádios de frequência para comunicação, cinco balanças de precisão, uma espingarda calibre 12 com seis munições intactas, uma pistola 9 milímetros com numeração raspada e várias munições, um revólver calibre 38 com a numeração raspada municiado, uma munição calibre 44, anotações do tráfico de drogas, 14 litros de éter, acetona, usados no refino de cocaína, liquidificadores, facas e rolos de plástico filme.

Uma emulsão explosiva também foi aprendida.

A ação policial recebeu o apoio do helicóptero Águia. Peritos da Polícia Científica foram acionados e o “depósito” foi periciado.

A DISE (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) foi notificada e vai investigar a ocorrência.

Nenhuma postagem para exibir