Antes de ser preso, suspeito justifica tentativa de fuga como consequência de susto com policiais

Ao avistar a Polícia, o homem tentou fugir pelo telhado, mas foi abordado pela PM em uma rua metros à frente

Veículo encontrado pela polícia Foto: Divulgação/PM

Um homem de 43 anos antes de ser preso afirmou ter tentado fugir da polícia por ter se assustado com os agentes. O fato ocorreu nesta segunda-feira (26), no bairro Presidente Dutra, zona Norte de Ribeirão.

O rapaz já havia sido detido em maio deste ano pelo crime de receptação, mas foi liberado após pagar a fiança. Contudo, dessa vez foi diferente, após ter sua prisão em flagrante decretada, o valor não foi desembolsado.

Segundo o Boletim de Ocorrência, a prisão ocorreu após uma denúncia anônima de que a residência do suspeito estava sendo usada para desmanche de veículo. Sendo assim, os policiais foram até o local.

Quando chegaram, encontraram de fato o rapaz desmontando um automóvel que já estava sem placa. Ao avistar a Polícia, o homem tentou fugir pelo telhado, mas foi abordado pela PM em uma rua metros à frente.

Em seguida, os agentes o questionaram sobre o motivo da fuga e obteve a resposta de que o rapaz havia se assustado já que estava jurado de morte. Além disso, justificou ter adquirido o carro com um desconhecido para que pudesse desmontar e vender as peças.

Então, foi feita uma pesquisa o automóvel era fruto de um furto. De imediato os donos foram contatados e reconheceu os fatos, contudo ainda não haviam registrado a ocorrência.

Nenhuma postagem para exibir