Almoço indigesto: Delegada, em horário de almoço, prende um homem que aliciava duas menores

Fato ocorreu na cidade de Franca, nesta sexta-feira (29)

A Delegada responsável pela Delegacia da Defesa da Mulher de Franca, Dra. Juliana Paiva, almoçava num restaurante da Avenida Presidente Vargas, no bairro Nova Franca, no início da tarde desta sexta-feira (29), quando notou que um homem, em atitude suspeita, pagava almoço para duas jovens, aparentemente menores de idade.

A Delegada dirigiu-se a eles e pediu explicações sobre o que estava acontecendo. Num primeiro momento, o homem disse ser amigo das meninas, entretanto elas disseram que ele era tio delas. Em face dos depoimentos contraditórios, a Dra. Juliana, identificou-se e solicitou o RG do homem, que se negou a fornecer.

Ao entrar em contato com as mães das menores, essas informaram que desconheciam qualquer encontro das filhas e não sabiam de nenhum tio. O reforço policial foi acionado e todos foram levados à Delegacia.

Depois de conversas entre mães e filhas, as menores confessaram que recebiam dinheiro do homem em troca de favores sexuais. O homem negou o crime, dizendo-se apenas amigo das meninas. Como o aliciamento foi testemunhado pela própria delegada e depois confirmado pelo relato das meninas e das mães, o homem foi levado para a Cadeia Pública do Jardim Guanabara e o seu celular, bem como os celulares das meninas serão analisados pela polícia, como parte das investigações que o caso demanda.

Nenhuma postagem para exibir