Acusado de matar ex-namorada é preso em Santa Rosa do Viterbo

Caso ocorreu no domingo; mulher deixou três filhas

Marília Campos e rafael Benavenuto - Foto: Redes Sociais
Continua depois da publicidade

A Polícia Civil prendeu, no fim da manha desta manhã desta terça-feira (25), a prisão de Rafael Benavenuto, 33, principal suspeito de ter matado a ex-namorada esganada em Santa Rosa do Viterbo.

Benavenuto manteve um relacionamento com Marília Campos, 36, por dois anos, mas ela resolveu terminar há aproximadamente dois meses. Inconformado com o fim do namoro, ele passou a persegui-la para tentar reatar, sem sucesso.

Familiares relataram à Polícia Civil que, embora nunca tivesse denunciado agressões às autoridades, a mulher vivia em um relacionamento abusivo e apresentava com frequência marcas de agressão.

Matou e avisou

No domingo, depois de se encontrar com Marília na casa dela, o suspeito ligou para o pai, por volta das 20h, avisando que teria matado a ex-companheira. A Polícia Militar foi acionada e encontrou o corpo da mulher na casa onde morava. Desde então, Benavenuto estava foragido.

Alvo de mandado de prisão temporária, ele foi localizado em uma área de mata na zona rural de Santa Rosa. Ele irá responder por feminicídio e está sujeito a uma pena de até 30 anos de prisão.

Marília era mãe de três filhas e avó de uma criança. O corpo foi sepultado na segunda-feira.

Nenhuma postagem para exibir