3,39% dos presos não retornam para presídio após “Saidinha de Natal” na região

Quando o preso não retorna à Unidade Prisional após o período, que terminou nesta terça-feira (5), o mesmo é considerado foragido

Centro de Detenção Provisória de Ribeirão Preto - foto: Arquivo Thathi
Continua depois da publicidade

3,39% dos presidiários da região de Ribeirão Preto não retornaram para a Unidade Prisional após a “Saidinha de Natal”, que teve início no dia 22 de dezembro e terminou nesta terça-feira (5).

A Justiça autorizou a saída temporária de 1.383 reeducandos custodiados em unidades da região. O índice de não retorno corresponde a 47.

O maior número de detentos que não retornaram são do Centro de Progressão Penitenciária de Jardinópolis, cujo número de foragidos é de 41. Ao todo, 1.094 detentos foram beneficiados com a saída temporária.

Quando o preso não retorna à Unidade Prisional após o período é considerado foragido, o Poder Judiciário responsável é informado e ele perde o benefício do cumprimento de pena em regime semiaberto.

Nenhuma postagem para exibir