Só agradecimentos para 2020

Nao tenho nada a reclamar de 2020. Mesmo com uma pandemia infernal, foi um dos melhores – talvez o melhor – ano da minha vida.

Terminei uma faculdade e uma pós-graduação, vivi desafios incríveis no campo profissional e tive a oportunidade de ser tio e conviver com meus pais e filhos. Todos em minha casa passaram ilesos ao maldito Covid.

Se o Botafogo não colaborou, o Bafo deu alegria, como sempre, e segue o fluxo. E o Verdão segue firme rumo ao bi da Liberta e tetra da Copa do Brasil, além do Paulistinha.

E, aos 43 do segundo tempo, apareceu a paixão tão imaginada, ainda que não esperada, deixando tudo com aquela cor diferente… Sim, produção, 2020 trouxe pra mim aquele sorriso de besta que eu amo e o olhar que fala e conta o futuro, junto.

E que vale cada segundo.

Nada é muito fácil e simples, mas quem disse que marinheiro bom é forjado em mar calmo?

Não ignoro a dor e o sofrimento das pessoas, mas não posso deixar de agradecer por tudo.

E que venha 2021!