Multi-instrumentista e compositor Rafael Leme apresenta o Saxofone Brasileiro”

O multi-instrumentista e compositor Rafael Leme está a todo vapor, lançou nesse ano de 2021 dois volumes do EP “Saxofone Brasileiro”.

A Música Popular Brasileira tem a sua identidade, e é através dessa personalidade que podemos discernir, mensurar, e sistematizar pedagogicamente pontos importantes, que são exigidos na prática instrumental, seja para estudantes, apreciadores ou profissionais de música.

“Acredito, que não basta apenas ler uma partitura e executá-la no instrumento para chegar à essência de anos de história. Vivenciar por inteiro seu contexto, ouvindo referências, sua narrativa no período em que estava inserido, exercitar suas peculiaridades, reproduzir repertório, são conjuntos de bons feitos para o desenvolvimento de grandes instrumentistas.” Comenta o músico sobre o conceito que define suas obras.

O músico lançou o programa “Saxofone Brasileiro – Música e Educação”, que tem o objetivo de desenvolver os elementos didáticos musicais da Música Brasileira e inserir estas referências na prática da música popular, seja ela da América do Norte, Europa ou Ocidente.

“Durante alguns anos pesquisei arranjadores brasileiros que escreveram músicas brasileiras para essa formação instrumental e encontrei muitas dificuldades, com exceções de obras de Guerra Peixe (1914 – 1943) e Radamés Gnatalli (1906 – 1988). Encontrei também arranjos lindos, organizados pelo Instituto Moreira Sales, referente à obra de Pixinguinha (1897 – 1973), no entanto, eram arranjos para bandas e orquestras, nada para quarteto de saxofones.” Explica o músico que desenvolveu esse trabalho totalmente voltado para o Saxofone.

Com uma lacuna na produção de repertório para quarteto de saxofones de compositores brasileiros, Rafael Leme desenvolveu o projeto de forma independente e lançou os dois primeiros volumes dessa coleção. Saxofone Brasileiro Volume 1 e 2.

O primeiro volume com obras de Joaquim Callado e o segundo volume com obras de K-Ximbinho, Altamiro Carrilho, Guinga e Aldir Blanc.

Os ep´s estão disponíveis em todas as plataformas digitais.

O músico não para por aí, já iniciou a pré-produção para o álbum Minhas Canções, que será lançado em 2022 com 10 canções autorais que foram destaques e premiadas em festivais de música no Brasil, Europa e América do Sul.

Biografia de Rafael Leme

Multi-instrumentista, compositor, escritor e educador.

Formou-se em saxofone e flauta transversal popular no Conservatório “Cacilda Becker” (1996), em saxofone popular no Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” (2000), em saxofone avançado na EMESP (2004), em Educação Musical pela UNIMES (2018) e Neurociência e Aprendizagem pela IPEMIG (2020).

Instrumentista e escritor premiado em diversos concursos pelo Brasil, destacando-se nos festivais: Coca-Cola SESI de Teatro (1999), Mapa Cultural Paulista (1999 – 2011), Viola de Todos os Cantos (2011), Certame da Canção (2011 – 2012), O Amor na Literatura – Casa do Novo Autor (1999 – 2000 – 2002 – 2003 – 2004), etc.

Pesquisador e educador premiado com o Projeto Bom Menino no I Prêmio Anhangüera de Educação (2011).

Palestrante e solista com carreira internacional, atuando em palcos na Espanha, Portugal, Argentina, Chile, Cuba, Equador e Itália.

Atualmente é saxofonista e arranjador da Datz Jazz Band (Ribeirão Preto/SP), Supervisor Educacional na Associação Amigos do Projeto Guri (Regional Ribeirão Preto/SP), coordenador e músico do grupo “Quarteto Brasileiro de Saxofones” (Ribeirão Preto/SP), pesquisador e criador da organização didática “Saxofone Brasileiro – Manual de Prática e Improvisação na Música Popular Brasileira” e um dos responsáveis pela divulgação da música popular brasileira e sua inserção como ferramenta para o ensino coletivo.

Nenhuma postagem para exibir