Falando sobre dinheiro com os filhos

Primeiro os pais tem que estar em acordo.

Dê o exemplo. Os pais são os principais educadores financeiros de seus filhos.

Por isso a importancia de se falar sobre dinheiro na frente das crianças, nas tarefas cotidianas. Eles precisam saber a real situação financeira da família.

Coloca-los em certas atividades também ajuda muito, como na elaboração da lista de compras para o mercado e irem juntos, para cotar preços nas gôndolas do mesmo produto de marcas diferentes e explicar a diferença de preço e qualidade por exemplo. Estipular uma meta de gastos e levar uma calculadora nesse momento para a criança ir somando cada produto que é colocado no carrinho é extremamente válido e educativo.

Envolva seu filho em ações de caridade, o nosso intuito não é criar uma criança mão de vaca, mas sim uma criança que tenha noção e importância do valor.

Quando compreendemos que podemos, e devemos, fazer a caridade, saimos do conforto da indiferença. Ensinando que o dinheiro não é algo sujo, que só causa brigas e egoísmo.

Quem causa isso com a má organização, são as pessoas. E quando aprendemos a nós organizar, pensar no futuro ele muda vidas e famílias. Tanto a nossa, como do próximo.

Ao lidar com o dinheiro desde pequenos, as crianças crescem mais conscientes dos recursos, estimulando assim o autoconhecimento e facilitando a autonomia para tomar as próprias decisões.

Nenhuma postagem para exibir