Morre, aos 57 anos, presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto, vítima da Covid-19

Em homenagem ao servidor, entidade decretou luto oficial de três dias; Laerte Carlos Augusto deixa mulher, três filhos e três netos

Foto: Redes Sociais

Morreu na madrugada desta sábado (29), o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto, Guatapará e Pradópolis, Laerte Carlos Augusto, aos 57 anos, vítima da Covid-19. Ele deixa mulher, três filhos e três netos.

Depois de uma carreira de destaque como servidor público, Augusto ingressou para o Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto, Guatapará e Pradópolis, em 2004, como coordenador da seccional da Infraestrutura e depois se tornou o 1º vice-presidente da associação. 

Porém, o desejo de dar o melhor na luta pelos trabalhadores o fez crescer e assumir o comando da entidade em 2016 e ser reeleito para a gestão de 2020. Em nota, o Sindicato relembrou com carinho a entrega e dedicação do presidente, que, mesmo diante da pandemia do novo Coronavírus, se manteve na linha de frente das batalhas da organização. 

“Desde o surgimento da pandemia da COVID-19, até receber o diagnóstico da enfermidade, o companheiro Laerte esteve à frente da nossa entidade conduzindo não apenas a luta pelos direitos e anseios da categoria, mas também o enfrentamento da emergência de saúde pública de importância nacional e internacional”, disse o Sindicato.

Covid-19

Augusto teve os primeiros sintomas no dia 7 de maio e recebeu o diagnóstico de Covid-19 no dia 12 e dois dias depois precisou ser internado no Hospital Beneficência Portuguesa, onde permaneceu desde então. Porém, no dia 17, houve uma piora em seu quadro clínico e no dia 20 de maio ele foi intubado, vindo a falecer na noite deste sábado, após a doença se agravar.  

Despedida 

Nas redes sociais, amigos e familiares se despedem de Augusto, que é lembrado como pai, esposo e grande amigo. “Espero um dia voltar a sorrir ao lembrar de tudo o que vivemos. Te amo pai”, disse Luciana Augusto, filha do presidente do Sindicato.

“Mais uma importante vida que se perde para o Covid-19, Laerte sempre se revelou uma grande liderança à frente do Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto, além de um ser humano íntegro e bom companheiro na dura jornada de luta pelos direitos dos servidores municipais”,  disse Rodrigo Camargo. 

Em homenagem à memória do servidor, o novo presidente da entidade, Valdir Avelino, decretou luto oficial de três dias. Em nota, o Sindicato desejou condolências aos familiares de Augusto e ressaltou ainda que “a luta do companheiro Laerte Carlos Augusto por um serviço público de qualidade e valorizado não será em vão”.

Em nota, a Prefeitura de Ribeirão Preto também lamentou a morte do servidor. “Laerte chegou à liderança do Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Preto, Guatapará e Pradópolis em 2016 e foi reeleito em 2020, desempenhando o papel democrático que lhe foi designado. Neste momento de tristeza, manifestamos nossas condolências aos familiares, parentes e amigos”, disse.