Morre, aos 37 anos, cantor Kleber, da dupla com Kaue, vítima da Covid-19

Cantor sertanejo estava internado no Hospital Estadual de Américo Brasiliense, na região de Araraquara, desde junho e faleceu nesta segunda-feira (5)

Klebinho deixa esposa e filha de seis anos Foto: Arquivo pessoal

Morreu, aos 37 anos, o sertanejo Kleber Oliveira, da dupla com Kaue, nesta segunda-feira (5), vítima da Covid-19. Ele estava internado no Hospital Estadual de Américo Brasiliense, na região de Araraquara, desde junho. Cantor deixa esposa e filha de seis anos. 

A notícia foi confirmada nas redes sociais pelo escritório responsável por gerenciar a carreira da dupla. “Com grande pesar que recebemos a notícia do falecimento de Kleber Oliveira, conhecido como Klebinho (Kleber e Kaue). Nossos mais profundos sentimentos aos amigos e toda a família do artista”, escreveu a Galdencio Produções.

De acordo com a prefeitura de Araraquara, o cantor foi internado no dia 17 de maio, no Hospital de Campanha, e transferido no dia 26 para o Hospital Estadual de Américo Brasiliense no dia 26 de maio. Ele não tinha comorbidades. 

Despedida 

Klebinho morava em Araraquara e fazia dupla com o cantor de Ribeirão Preto, Kaue Tamburus, desde 2011. Entre os sucessos da carreira estão músicas como ‘To Vendo Que Você Tá Bem’, ‘Ela Não É Você’, ‘Casou Certin’ e ‘Por Te Amar Assim’. 

Nas redes sociais, cantores e amigos prestaram homenagem ao sertanejo. “Como vou te dizer adeus cara eu não aprendi isso ainda,  mas vou te dizer um até logo. Você foi um pai, um amigo e um irmão. O cara que fez eu ser quem eu sou hoje. O cara que me deu as asas para o mundo. O que meu deu a primeira oportunidade de tudo que sou hoje. Já dividimos muitos sonhos, choros juntos e muitos sorrisos. Obrigado por tudo, obrigado por sempre acreditar em mim obrigado pelos concelhos”, lamentou o fotógrafo Sérgio Camarão. 

“O brigado pelo exemplo de pessoa que você foi meu irmão Klebinho. Ajudou todos nos como podia.  Você foi um guerreiro aqui nessa terra. Foi um professor que nos ensinou que nunca devemos desistir de nossos sonhos.  Vai com Deus, gratidão eterna por te conhecer e aprender muito com você. Jamais será esquecido”, disse Bruno Lopes. 

Klebinho morava em Araraquara e fazia dupla com o cantor Kaue Tamburus, de Ribeirão Preto, desde 2011 Foto: Reprodução / Youtube

A dupla André e Mari também usou as redes sociais para se despedir do cantor. “Não tem palavras pra expressar o tamanho da dor. Nosso amigo. 20 anos de amizade. Você lutou. Lutou pela vida, saudável e doente. Lutou todos os dias até o fim. Aí do céu, você pôde se encontrar com seu pai, com o Buda e com o Demirzinho, e tenho certeza que vocês farão uma banda aí de cima e tocarão pra Deus. Qualquer dia amigo eu volto a te encontrar. Qualquer dia amigo a gente vai se encontrar”.

“Ele amava a música, amava o que fazia e deixou sua marca de simplicidade, energia e de muita luta. Agradeço de coração a todas as mensagens de condolências”, escreveu a esposa de Klebinho. 

Velório 

O corpo do cantor sertanejo séra velado em Araraquara, às 13h30 no Velório Municipal. Devido ao decreto municipal estabelecido durante a pandemia da Covid-19, cinco pessoas podem estar na sala que será organizada pela funerária. Já o sepultamento será às 16h30 no Cemitério das Cruzes.