Torcedores do Botafogo fazem manifesto contra Adalberto Baptista e Gerson Engrácia nesta sexta-feira (16)

Conselheiros e torcedores se reunirão às 17h no Estádio Santa Cruz para discutir a administração da Botafogo Futebol SA

Foto: Divulgação

Um grupo de botafoguenses convocou uma manifestação, na tarde desta sexta-feira (16), no estádio Santa Cruz, para protestarem contra a atuação de Adalberto Baptista, parceiro comercial do clube, e contra o presidente da Botafogo Futebol SA, Gerson Engrácia. O ato ocorre às 17h na Passarela do Álcool.

A intenção é aproveitar o encontro para apoiar o time, que enfrente o América (MG), nesta sexta, às 19h15, no Santa Cruz. O Pantera está na zona da degola na Série B e precisa da vitória para tentar respirar na competição.

Segundo Eduardo Esteves, um dos organizadores do evento, a intenção é reunir torcedores insatisfeitos com os rumos da administração do clube e trocar informações sobre a gestão da Botafogo SA, empresa formada pelo Botafogo Futebol Clube, que detém 60% das ações, e pela Trexx, empresa de Adalberto Baptista.

“Como conselheiro e botafoguense, vinha percebendo uma cobrança do torcedor por explicações. O sentimento é de abandono. Conversando com outros torcedores, chegamos a essa ideia, de se encontrar nas imediações do estádio, de forma pacífica, para demonstrar o nosso sentimento. É um protesto inteligente, mostrando a tradição do Botafogo, que não pode ser tratado como está sendo”

Gustavo Tavares Antônio, Conselheiro do Botafogo e presidente do Botafogo Centenário, também apoia o movimento. Apesar de ressaltar que o Botafogo Centenário é apartidário e não está institucionslmente apoiando o movimento, ele ressalta que pessoalmente é a favor da manifestação e pede uma mudança de rumo na administração do SA.

“Eu fui um dos grandes defensores desta parceria mas está evidente que da forma com que ela está sendo gerenciada o Botafogo Futebol Clube está sendo prejudicado e a torcida do Botafogo precisa fazer alguma coisa sobre isso”, disse.

Apoio

O evento está sendo divulgado em grupos da torcida no whatsapp e já conta com a adesão de outras forças vivas da comunidade botafoguense, que se opõe à administração comandada atualmente por Baptista.

Uma dessas instituições é a chamada Mesa da Velha Guarda, composta por botafoguenses históricos e que tem muito peso político no Conselho Deliberativo do Botafogo. “A mesa da Velha Guarda apoia esse movimento de botafoguenses que querem preservar a história do clube”, diz Pedro Aleixo, conselheiro do Botafogo e integrante da organização.

Nenhuma postagem para exibir