Roberval Davino se apresenta e inicia trabalho de avaliação do elenco do Comercial

O técnico Roberval Davino se apresentou na tarde desta quarta-feira (8), no Estádio Palma Travassos, e deu início ao trabalho à frente do Comercial visando a disputa da Copa Paulista. O novo comandante foi apresentado oficialmente no clube e garantiu que antes de falar sobre reforços irá primeiro analisar o material humano que tem em mãos atualmente para trabalhar.

“A ideia é conhecer o mais rápido possível o grupo que tem hoje com 14 jogadores e fazer uma análise, mas sabemos que há aqui uma boa equipe porque disputou a Série A3 com qualidade apesar de não ter conseguido o acesso. Acredito que estamos ainda dentro de um prazo, porém vamos tentar acelerar o processo para se ter uma boa equipe para a Copa Paulista”, afirmou o treinador em entrevista exclusiva ao Grupo Thathi de Comunicação.

Esta será a segunda passagem de Roberval Davino pelo futebol de Ribeirão Preto. Em 1995, o comandante atuou como técnico do Botafogo e agora afirma que ficou animado com o trabalho da diretoria no processo de reconstrução do Leão do Norte. “Fico muito feliz pelo meu retorno à Ribeirão e vejo um Comercial que está se organizando com um grupo de diretores que estão dando uma contribuição muito boa para a recuperação do clube. Vim também para dar a minha contribuição no sentido de buscar um grande trabalho e alcançar grandes objetivos”, disse.

Roberval Davino ressalta que acredita que o Alvinegro não irá abrir mão de ter uma equipe competitiva para tentar chegar o mais longe possível na Copa Paulista, porém a meta principal está na formatação de um trabalho à longo prazo. “O objetivo inicial do Comercial é tentar montar uma base da melhor maneira possível para a Série A3 sem deixar de tentar fazer o melhor nessa Copa Paulista.”

O treinador pode receber uma boa notícia ainda nesta quinta-feira (9). O atacante Caio Vieira, artilheiro do Comercial na última Série A3 do Paulista, com nove gols, tem reunião com o empresário e dirigentes comercialinos e desse encontro poderá sair um acordo para a renovação de contrato do atleta. O próprio jogador demonstrou interesse em permanecer, porém para que o acerto seja efetuado ele terá que aceitar uma adequação salarial que esteja dentro da atual realidade financeira do clube.