Roberto Cavalo não é mais técnico do Botafogo

Em reunião treinador decidiu deixar o clube após 21 jogos; provável destino de Cavalo é o Criciúma

Treinador deixa o Botafogo para treinar o Criciúma. Foto: Agência Botafogo

Roberto Cavalo não é mais o treinador do Botafogo. Ele decidiu deixar o cargo nesta terça-feira (6) após uma reunião com Oswaldo Festucci, vice-presidente do Botafogo. Técnico deve ir para o Criciúma, que despediu o treinador Gilson Kleina, na última segunda-feira (5).

Cavalo assumiu o Tricolor em 20 de fevereiro e fez uma excelente campanha no Campeonato Paulista. Na Série B, o treinador deixou o clube na quarta colocação com 23 pontos, quatro a menos do que o líder Bragantino. No total, Cavalo dirigiu a equipe em 21 jogos. Ele conquistou nove vitórias, cinco empates e sete derrotas.

“Temos que agradecer muito o trabalho do Roberto Cavalo. Ele assumiu o Botafogo em uma situação difícil no Campeonato Paulista, fez um grande trabalho e cumpriu o objetivo que era manter a equipe na Série A. No Brasileiro, ele também fez uma boa campanha e deixou a gente na quarta colocação. Ele é uma pessoa muita correta e extremamente trabalhadora”, disse Oswaldo Festucci.

De acordo com Festucci, Cavalo deixa o Botafogo com “as portas escancaradas para um retorno em um futuro próximo”. Em nota, o Botafogo agradeceu o Roberto Cavalo pelos bons serviços prestados e desejou ao profissional boa sorte em seus futuros desafios. Diretoria deve definir até amanhã como ficará o comando do Pantera.

Nenhuma postagem para exibir