Para voltar ao G4, Botafogo precisa superar adversários diretos

Pantera tem um caminho complicado para terminar o primeiro turno no grupo de acesso; além do Londrina, Tricolor encara Cuiabá e o Paraná

Botafogo tenta espantar má fase da volta da Copa América, garantindo posição no G4. Foto: Agência Botafogo
Continua depois da publicidade

Não é segredo que a edição deste ano do Campeonato Brasileiro Série B está bem disputada. A diferença de pontuação é pequena entre os times e qualquer resultado muda a tabela. Hoje, são seis times que estão fora da zona que dá direito a disputar a Série A em 2020, mas com pontuação que permite mirar as quatro primeiras colocações. Entre eles, o Botafogo.

No G4 estão, atualmente, Bragantino (31), Coritiba (29), Atlético Goianiense (28) e Ponte Preta (26). Brigam por uma vaga no G4 o Sport (26), Londrina (25), Botafogo (24), CRB (23), Cuiabá (23) e Paraná (23).

Qualquer um desses times pode entrar no G4 nesta rodada. O Botafogo, 24 pontos e na sétima colocação, precisa vencer o Londrina e torcer por tropeços de Ponte Preta e Sport, que estão na quarta e quinta posições, respectivamente.

Porém, o Londrina também busca uma vaga no grupo de acesso, assim como os outros dois próximos adversários do Botafogo, o Cuiabá e o Paraná. Além da briga, os times dividem oscilações na volta da parada da Copa América.

O desempenho recente, entretanto, joga contra o Pantera. Dos 24 pontos disputados em oito jogos realizados depois da parada da Copa América, o Cuiabá teve o melhor desempenho, com 12 pontos, seguido pelo Paraná, 10, Londrina, nove e o Botafogo, com oito.

Londrina

O Londrina está na sexta posição com 25 pontos, um a mais que o Botafogo. O adversário do Tricolor nesta terça (20) chegou, na última rodada, ao terceiro jogo consecutivo sem vitória. Empatou com o Criciúma por 1 a 1.

Nas últimas três rodadas, o Tubarão conquistou apenas dois pontos, dos nove disputados. Para o técnico Alemão, o time precisa vencer em casa, contra o São Bento, e empatar fora, Botafogo e Guarani.

A notícia boa para o Tricolor é que na última vez que o Londrina venceu fora foi na sexta rodada, contra o Vila Nova. De lá para cá foram quatro confrontos, com três derrotas e um empate.

Cuiabá

O Cuiabá vive uma fase melhor nessa volta da Copa América, com três vitórias, três empates e apenas uma derrota, que foi na última rodada para o América-MG. Antes do duelo contra os mineiros, os cuiabanos estavam invictos há seis jogos.

O time está na nona posição, com 23 pontos e enfrenta o Figueirense nesta terça-feira (20), na Arena Pantanal. O time catarinense ameaça não entrar em campo para o duelo.

O Cuiabá enfrenta o Botafogo pela 18ª rodada, na Arena Pantanal, nesta sexta-feira (23). A fase boa pós-Copa América é apenas fora de casa, pois o time soma dois empates e uma derrota em casa.

Paraná

No inicio da competição, o Paraná era considerado um candidato ao acesso, mas na volta da Copa América mostrou irregularidades e fragilidade do grupo. Está há cinco jogos sem vencer e perdeu de virada para o rebaixado São Bento por 2 a 1, na última rodada.

Com as menores folhas salariais da disputa e com dependência do trio dos meias João Pedro, Matheus Anjos e do atacante Bruno Rodrigues, o time paranaense está na 10ª posição com 23 pontos.

A situação coloca o time na cola do G4, com apenas três pontos atrás do quarto colocado, mas também vê o pelotão de trás se aproximando, são apenas seis pontos de vantagem para a zona de rebaixamento.

Nessa rodada, 17ª, o Paraná tenta a vitória, em casa, contra o crescente Atlético-GO, nesta terça-feira (20), às 20h30. Antes de enfrentar o Botafogo, pela última rodada do primeiro turno da competição, ainda tem o Criciúma.

O jogo entre o tricolor e o time paranaense é na próxima terça-feira (27), às 19h15, no estádio Santa Cruz.

Nenhuma postagem para exibir