Na casa do Tite! Brasil goleia o Peru e termina na liderança do Grupo A

Seleção peruana dominou os dez primeiros minutos, mas não reagiu ao gol de escanteio

Foto: Copa América

Neste sábado (22), o Brasil venceu o Peru por 5 a 0 pela última rodada da fase de grupos da Copa América. A partida realizada na Arena Corinthians, em São Paulo, teve gols de Casemiro, Roberto Firmino, Everton, Daniel Alves e Willian.

Era uma partida de reencontros, Tite e Guerrero voltavam para a Arena Corinthians em uma partida importante na última rodada da fase de grupos da Copa América. O técnico brasileiro fez duas mudanças na equipe, com as entradas de Everton Cebolinha e Gabriel Jesus, era uma tentativa de maior movimentação e velocidade.

Mas a seleção brasileira começou nervosa e viu a seleção peruana ter a primeira chance, aos três minutos, quando Cueva levantou a bola na área, passando na frente do gol de Alisson. O Peru marcava forte na intermediária defensiva, dificultando as jogadas dos dos jogadores da posição favorita do Tite, os volantes.

O Brasil errava passes. E se as jogadas no chão não ofereciam perigo, a seleção brasileira conseguiu abrir o placar na bola parada. Aos 11 minutos, Phillipe Coutinho cobrou o escanteio, Thiago Silva desviou e a bola sobrou para Casemiro colocar para dentro do gol, que antes bateu na trave, 1 a 0. O gol foi o primeiro do volante com a camisa brasileira, que continua invicto nas partidas que joga com a camisa verde e amarela.

E o domínio do Peru viu o seu total fim, aos 18 minutos. O goleiro peruano Gallese bobeou na saída de bola, que bateu no Roberto Firmino. A bola bateu na trava e voltou para o atacante brasileiro, que concluiu a jogada mandando a bola de vez para o fundo do gol, 2 a 0. E se antes o Brasil estava preso, os dois gols ajudaram o time do Tite aparecer.

O time teve mais movimentação e com Gabriel Jesus e, principalmente, Everton Cebolinha criando mais jogadas individuais. A vantagem também permitiu que os espaços aparecessem mais. Aos 31 minutos, o camisa 19, destaque brasileiro desta Copa América, não decepcionou. O atacante recebeu na ponta esquerda, cortou para o meio e soltou a bomba de fora da área, 3 a 0.

No segundo tempo, o Brasil aproveitou a excelente vantagem e também o desânimo peruano para ter a posse de bola. A tranquilidade também permitiu que o Everton aproveitasse bastante o um contra um. Logo no inicio, o atacante fez uma linda jogada pela esquerda, driblou três defensor e por pouco não conseguiu passar pelo goleiro Gallese.

O quarto gol saiu aos oito minutos. Daniel Alves tabelou com Arthur, avançou, tocou para Firmino, recebeu na frente, invadiu a área e bateu forte na saída de Gallese. O gol chamou atenção pelo trabalho de toque de bola da seleção, que estava com a sorte presente, já que Arthur havia dominado errado na hora e virou uma devolução de joelho para Daniel Alves prosseguir com a jogada.

Nos minutos finais teve mais. Aos 44, Willian, que havia entrado no lugar de Phillipe Coutinho, bateu colocado, fora da área, e marcou mais um belo gol, 5 a 0. Nos acréscimos, 46, o árbitro argentino ainda marcou um pênalti (discutível) para o Brasil. Gabriel Jesus foi para a batida e o goleiro Gallese defendeu.

E o Peru, liderado por Guerrero, que havia marcado 15 gols na Arena, dominou nos 10 primeiros minutos, mas foi derrubado por uma bola aérea e um erro do seu goleiro Gallese. Os erros desanimaram a seleção do Gareca que viu uma seleção brasileira ter sorte e também se sentir mais a vontade com a vantagem. A Arena Corinthians continua sendo a casa do Tite, que teve menos pressão na Copa América nessa partida, e continua tendo um excelente aproveitamento no estádio do seu ex-clube.

Nenhuma postagem para exibir