Morre torcedora símbolo do Botafogo, dona Ziza, aos 89 anos em Ribeirão Preto

A idosa preferia assistir aos jogos do Pantera invés de ver novelas

Continua depois da publicidade

Considerada uma das torcedoras símbolos do Botafogo, morreu nesta segunda feira (7), dona Ziza (Wany Toniolli Diniz), aos 89 anos. A história da torcedora se confunde com a do time. Nascida na Vila Tibério, praticamente ao lado da antiga casa do Pantera o estádio Luís Pereira. Sua paixão pelo time vem de seus pais que eram botafoguenses e acompanharam a criação do time. 

Em março de 2018, um vídeo feito pela neta de dona Ziza “viralizou” na internet. No vídeo, ela estava em um quarto escuro acompanhando pelo rádio a última rodada em que jogava Botafogo e São Caetano, o flagrante aconteceu no momento em que era comemorado o aniversário da neta.

Na época, ela ainda não tinha uma camisa do time e acabou ganhando uma de Octávio Valini Júnior, que até então ocupava o cargo de vice-presidente, e do atacante Bruno Moraes.

Em nota, a diretoria do Botafogo “presta os mais sinceros sentimentos de condolências à família e amigos e reza para que todos encontrem forças neste momento para superar essa triste perda”. A direção do time decretou luto oficial de três dias.

 O sepultamento aconteceu nesta terça-feira (8), às 10h30.

Confira o vídeo de dona Ziza: