Leandro Zago, treinador do Botafogo, analisa planejamento para Paulistão, Copa do Brasil e Série C

O treinador anunciou em entrevista realizada nesta segunda-feira (13) os planos para 2022

Os treinos tiveram início nesta segunda-feira (20) nos períodos da manhã e tarde - Foto: Assessoria de Imprensa

Após a sua contratação ser anunciada no último dia 19 de novembro, o treinador Leandro Zago concedeu sua primeira entrevista nesta segunda-feira (13/12). Na apresentação, ele falou sobre a montagem do elenco, a formatação da equipe e o planejamento para 2022, com Paulistão, Copa do Brasil e Série C do Brasileiro.

“Temos que pensar em todas as competições que vamos disputar este ano. Consideramos que a prioridade é montar equipe muito forte, sólida para poder enfrentar esse desafio da Copa do Brasil e, principalmente, do Paulista, o Estadual mais forte do país, com equipes de Série A, B e C do Brasileiro. Nossa programação é montar equipe sólida neste início de trabalho e, em paralelo, também muito forte para a sequência do ano com o objetivo de conquistar o acesso para a Série B´´, disse Leandro Zago.

“A montagem do elenco ainda está em processo. Alguns nomes foram anunciados e estamos trabalhando outros. Estamos contratando de maneira profissional. Os nomes estão sendo avaliados há meses, desde o início do trabalho, os primeiros contatos. Usamos o levantamento do banco de dados do clube, do Pelaipe, que tem conhecimento do mercado e da comissão técnica para fazer as contratações. Fizemos apanhado geral, já que acompanhamos as competições nacionais e internacionais até porque existe mercado muito promissor na América do Sul. Acompanhamos e discutimos o perfil dos atletas. O jogador tem que atender o perfil do que queremos construir no clube. Não estamos atrás de nomes e nem marcas. Estamos atrás de jogadores capazes de representar muito bem o clube quando vestirem essa camisa´´, acrescentou o treinador.

Leandro Zago também falou sobre a formatação da equipe.

“O mais importante é ter equipe organizada, competitiva, que jogue próxima, que saiba jogar o jogo como ele pede. Se pede mais apoiado, a equipe tem que saber fazer. Se a partida for mais rápida, vertical, acelerada, de contra-ataque, temos que saber fazer. E ser sólida na bola parada. Não podemos ser especialista numa única forma de jogar, já que vamos enfrentar cenários bem diferentes durante a competição. Cada jogo vai pedir uma situação diferente´´, completou.

Aos 40 anos, Leandro Zago estava no Joinville na disputa do Campeonato Brasileiro da Série D – foi eliminado nas oitavas de final. Ele dirigiu a equipe em 18 jogos, com oito vitórias, nove empates e uma derrota.

Antes do Joinville, Zago também passou pelo Atlético-MG, quando trabalhou diretamente com o treinador argentino Jorge Sampaoli. Ele substituiu o argentino à beira do campo em três partidas da Série A do Brasileiro de 2020 — um triunfo, um empate e uma derrota.

No clube mineiro, o treinador trabalhou nas categorias de base de 2018 a 2020.  Além do Atlético-MG, ele também passou pela base do Palmeiras, Corinthians, Guarani e Ponte Preta.

Leandro Zago tem a Licença A da CBF Academy e também é professor dos treinadores que cursam a Licença A. Ele já estagiou no Manchester United.

*Conteúdo Futebol Caipira

Nenhuma postagem para exibir