Júlio César se diz pronto para estrear pelo Botafogo e Felipe Saraiva volta a sentir lesão

Atacante se desligou da Ponte Preta, acertou empréstimo ao Botafogo e pode estrear contra o Operário-PR, enquanto que Felipe Saraiva passou a ser dúvida por voltar a sentir lesão

Foto: Luís Augusto / Grupo Thathi
Continua depois da publicidade

O atacante Júlio César, 24, foi apresentado oficialmente na tarde desta terça-feira (21), no Estádio Santa Cruz, e poderá ter a oportunidade de estrear pelo Botafogo no jogo deste sábado (25), às 19h, contra o Operário-PR, no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa-PR. O aproveitamento do novo contratado para esta partida pela 4ª rodada da Série B do Brasileiro já era dado como praticamente certo e ganhou ainda mais força após o episódio ocorrido com Felipe Saraiva durante treinamento, nesta terça-feira (21).

Recém-recuperado de uma contusão muscular de grau 2 na coxa esquerda após ficar duas semanas em tratamento no departamento médico, Felipe Saraiva participava normalmente de um jogo-treino contra a equipe sub-20 do Pantera quando voltou a sentir dores no mesmo local após dar um pique.

Imediatamente após acusar o incômodo muscular, o atacante conversou reservadamente com o técnico Roberto Cavalo e tentou voltar para o treino. Após dar outro pique para fazer a cobertura de um lançamento no campo defensivo, Saraiva não conseguiu mais se manter em campo, recebeu o primeiro atendimento ainda no gramado e não escondeu o desapontamento com o ocorrido ao dar socos no solo. Felipe Saraiva deixou o treino mais cedo e foi diretamente para o departamento médico para avaliar o novo grau da lesão que sofreu.

A escalação de Felipe Saraiva no duelo contra o Operário-PR passa a ser no mínimo uma dúvida, porém o que se fala nos bastidores do clube é que ele não terá condições de ser relacionado. Com isso, Júlio César viu crescer a possibilidade de já poder fazer o primeiro jogo pelo Tricolor neste final de semana mesmo ainda não estando em um nível físico considerado ideal. “Depois que eu me desliguei da Ponte Preta fiquei um tempo parado, mas conversei com o Cavalo, disse a ele que estou à disposição, ele pode contar comigo e pode ter certeza que vou dar o meu melhor. 100% não vou dizer que eu estou, perdi um pouco do ritmo, mas se for para entrar jogando ou no decorrer do jogo eu vou dar o meu máximo até onde eu aguentar para ajudar os meus companheiros”, disse o jogador, que no Paulistão defendeu a Ponte Preta em nove jogos e fez um gol.

Líder em assistências da Série B do Brasileiro do ano passado atuando pelo Atlético-GO, Júlio César garante que pretende colaborar com gols e também deixando os companheiros em boa situação para marcar. “Como beirada fazer gol é muito importante, como também dar uma assistência para o atacante é como se fosse um gol. Assim ajudamos a nós mesmos e a equipe e a torcida pode contar comigo para ajudar nessas duas oportunidades”, disse. O atacante chega ao Botafogo por empréstimo da Chapecoense e assinou vínculo até o final da temporada.

A escalação do Botafogo será definida no treinamento tático que será realizado na tarde desta quarta-feira (22), no Estádio Santa Cruz.