Júlio César comemora estreia com gol e cita experiência deste ano contra Criciúma-SC

Atacante revela que foi a primeira vez que estreou por um clube marcando gol e relembra confronto que já teve este ano contra o Criciúma-SC quando ainda atuava pela Ponte Preta na Série B

Foto: Luiz Fernando Cosenzo / Agência Botafogo

Mesmo sem estar ainda com 100% de suas condições físicas, o atacante Júlio César estreou pelo Botafogo na partida contra o Operário-PR, em Ponta Grossa-PR, e fez o gol que abriu caminho para a vitória por 2 a 0, na rodada anterior. O jogador foi novamente confirmado pelo técnico Roberto Cavalo para seguir como titular no setor ofensivo e está empolgado por ter conquistado uma marca inédita em sua carreira.

“Realmente não estava 100% e acho que ainda não estou porque fui jogar esse jogo depois de ter ficado alguns dias parado. Falei desde o começo que se entrasse jogando iria dar o meu melhor, então tive muita felicidade de fazer um gol e ainda mandei uma bola no travessão. Esse foi o primeiro clube que eu estreio fazendo gol, isso dá uma confiança maior e espero continuar ajudando os nossos companheiros”, afirmou o atleta.

Neste sábado (1), às 16h30, o Botafogo irá receber o Criciúma-SC, no Estádio Santa Cruz. Esse adversário não é uma novidade para Júlio César. Em 2 de maio, quando ainda estava atuando pela Ponte Preta, o jogador foi titular no jogo entre o time de Campinas e os catarinenses, no Estádio Moisés Lucarelli. A Macaca vencia até os minutos finais, porém o tomou o gol de empate, aos 48 minutos.

“Os times do Sul são sempre brigadores, com muita disposição e pegada, então a gente sabe que mesmo eles não estando em um momento bom, mas conquistaram uma vitória na última rodada. Eles têm um técnico muito bom, que é o Gilson Kleina, já tive oportunidade de trabalhar com ele e sei que ele monta times muito bons. Temos que ficar ainda mais ligados em casa para não dar bobeira como aconteceu naquele jogo com a Ponte Preta”, disse Júlio César.

O jogador ainda alerta que o elenco botafoguense terá que ter cuidado com um atacante. “O conjunto deles é forte e eles têm um time bom e qualificado, mas tem lá o Vinícius, que parte bem para cima e na jogada individual ele é muito bom. Acho que ele tem que receber uma atenção especial e mais em cima”, disse o atacante, citando o jogador que tem Palmeiras, Ceará-CE e Chapecoense-SC.