Helton Luiz minimiza lesão e espera voltar a jogar em três rodadas

Meia atuou apenas na estreia do Comercial na Série A3 do Paulista, sofreu lesão muscular e agora passa por tratamento no departamento médico para ser liberado

Foto: Luís Augusto / Grupo Thathi

Um dos jogadores mais experientes contratados pelo Comercial para a disputa da Série A3 luta contra o tempo para se recuperar de contusão e assim poder ficar à disposição pela primeira vez para o técnico Edson Vieira. O meia Helton Luiz foi o camisa 10 do Leão do Norte no primeiro jogo do Estadual diante do Noroeste, quando o treinador ainda era Ricardo Costa.

Após uma cobrança de falta nesta partida, o armador sentiu uma contusão. “Estou seguindo a risca o protocolo feito pelo departamento médico. Foi uma lesão que senti aos 30 minutos do segundo tempo da partida de estreia e acabei sentindo dor no músculo do chute”, afirmou o jogador, que teve o diagnóstico confirmado de um estiramento muscular do reto femoral, na região da virilha.

Helton Luiz conviveu com o problema de lesões e até problemas que o levaram a realizar cirurgias durante passagens por alguns clubes, como o Botafogo, por exemplo. O jogador garante que a nova lesão sofrida é considerada normal. “O que aconteceu comigo foi uma lesão muscular que acontece com muitos jogadores. Isso é normal e aconteceu com outros jogadores do nosso elenco que só foram estrear agora na quinta rodada. Minha lesão foi gerada por fadiga, excesso de força no músculo de bater na bola. Eu treino excessivamente bola parada e acabou tendo esse rompimento parcial”, reforçou.

“As lesões que tive graves foram casos de cirurgia e disso não tem para onde fugir. Agora, lesão muscular eu devo ter tido sete delas em 12 anos de carreira. Não é nada de anormal, nenhum bicho de sete cabeças e isso é normal que aconteça em início de temporada”, disse o meia.

O planejamento do departamento médico é de que Helton Luiz possa voltar a treinar com bola, juntamente com o elenco, na próxima semana. O jogador espera ganhar uma nova oportunidade para voltar a atuar no duelo contra o Capivariano, daqui três rodadas, no dia 16 de fevereiro, às 17h, na Arena Capivari.

Quem ainda ficará mais tempo em recuperação no departamento médico é o zagueiro Danilo Santos. O defensor sofreu uma lesão no tornozelo e só deve ser liberado para os treinamentos em um período de um mês, segundo informações de Francisco Rodrigues Alves Gomes, fisioterapeuta do clube.

Neste domingo (10), às 10h, o Comercial recebe o Rio Preto em partida que acontecerá no Estádio Palma Travassos.