Governo de SP libera 30% de público nos estádios e Come-Fogo volta a receber torcidas

Plateia poderá retornar a partir do dia 4 de outubro, de acordo com decisão anunciada pelo nesta quinta-feira (23); previsão era para o dia 1º de novembro

Governador João Dória durante coletiva de imprensa Imagem: Gov. Estado de São Paulo

Após decisão do Governo de São Paulo que liberou 30% do público nos estádios de futebol, divulgada na noite desta quinta-feira (23), o Come-Fogo em Ribeirão pode voltar a contar com a participação das torcidas, a partir do dia 4 de outubro. Anteriormente, a previsão era para o dia 1º de novembro. 

Segundo o comunicado, a volta será permitida, inicialmente, com capacidade de 30% do setor, cumprindo todas as normas sanitárias de prevenção contra a Covid-19. A partir do dia 16 de outubro, a previsão é de que a capacidade seja ampliada para 50% e depois para 100%, em 1º de novembro. 

Para o retorno aos estádios, os clubes terão que exigir que os torcedores comprovem que estão com o esquema vacinal completo. No caso daqueles que receberam apenas uma das duas doses, será necessário apresentar um teste negativo, com validade de 48h, do tipo PCR. 

Os torcedores podem ainda mostrar um teste, do tipo antígeno, com validade de 24h. Além disso, o uso de máscara será obrigatório em todo o estádio. 

Nenhuma postagem para exibir