Fogão empata e fica com a liderança do Grupo B

Foi um jogo de reduzidas chances de gol e baixo nível técnico , mas o Botafogo fez o suficiente em campo para empatar em 0 a 0, neste sábado, contra o Tombense, em Tombos-MG, e garantiu a primeira colocação do Grupo B do Campeonato Brasileiro da Série C para o mata-mata. Com a derrota para a Luverdense, por 1 a 0, em Lucas do Rio Verde, O Operário-PR terminou na vice-liderança. Os dois times encerraram a fase de classificação com 35 pontos, mas o Pantera levou vantagem no saldo de gols (16 a 9).
Com a conquista, o Botafogo irá enfrentar o quarto colocado do Grupo A, exatamente seu homônimo da Paraiba, o Botafogo de João Pessoa.
Na partida em Tombos (MG) Léo Conde armou um time robusto no meio-campo com Serginho, Léo Baiano e Sabino, para impedir qualquer surpresa. Mesmo sem fazer uma grande exibição, o Tricolor foi várias vezes ao ataque com chances de abrir o marcador, mas errou nas finalizações ou esbarrou no goleiro Darley, que fez ao menos duas grandes defesas durante toda a partida.
Foi um jogo de entrega e o time se mostrou cansado no segundo tempo, não apenas pelo jogo em si, mas também pela desgastante viagem de quase 900 quilômetros até a cidade mineira, que teve uma escala, em Juiz de Fora, onde o time treinou na sexta-feira, antes de dar prosseguimento à viagem.
Dos 18 jogos disputados, o Botafogo venceu 10, empatou cinco e sofreu apenas três derrotas, uma delas para o Operário, no primeiro turno. O time marcou 30 gols e sofreu 14, com saldo de 16. O aproveitamento da equipe foi de 64,8% ao longo de toda a competição.
Outros classificados
Com a derrota para o Bragantino por 2 a 0, o Cuiabá, encerrou sua participação em terceiro lugar graças ao saldo de gols. O time de Bragança, mesmo com a vitória, ficou com o quarto lugar.
Para o diretor executivo de futebol Léo Franco o time fez uma boa campanha e a classificação em primeiro lugar foi resultado de um trabalho bem planejado. Ele se lembrou das dificuldades de remontar o time do Paulista para o Brasileiro da série C. “Ficamos com apenas seis jogadores que participaram do Paulistão e tivemos pouco tempo para contratar 18 atletas”, disse.
Franco adiantou que a que a logística será no Recife.
Léo Condé enalteceu a campanha da equipe e destacou que os objetivos foram alcançados de acordo com o que foi planejado. “Agora zera tudo, é outro campeonato. O Botafogo chega forte para o momento decisivo para conseguir o objetivo maior, que é o acesso”, afirmou.
Tupi-MG e Joinville-SC foram os dois clubes rebaixados para a Série D do Campeonato Brasileiro.

Reportagem: Lucio Mendes