Em jogo movimentado, Botafogo vence o Corinthians

Na inauguração do novo setor do Estádio Santa Cruz, as duas equipes erraram muitos passes e o Pantera garante a vitória nos minutos finais

Era um dia de festa com a inauguração do novo setor do estádio Santa Cruz. A concretização do momento de ascensão do Botafogo. Tudo começou com a subida da série D para C e agora a B. O começo da temporada foi de pessimismo, já que o tricolor garantiu a permanência na elite do Paulista na última partida da competição. Mas quando começou a Serie B do Campeonato Brasileiro, o momento mudou. O time hoje está na vice-liderança com uma excelente campanha.

Continua depois da publicidade

E no meio de tudo isso tinha a revitalização de uma parte do estádio, que ganhou 12 mil assentos e mais três mil lugares com camarotes, suítes corporativas e bares temáticos. E para marcar a celebração foi escolhido o amistoso contra o Corinthians.

O jogo

O primeiro tempo foi bastante movimentado, mas como muitos passes errados. Os dois times usavam, principalmente, jogadas pelos lados do campo. Uma alternativa para a falta de criação no meio.

O Botafogo valorizava muito a posse de bola, mas não criava chances de gol, pecava no preciosismo na hora de chutar para o gol. Lucas Mendes era bastante acionado. Aos 35 minutos, o lateral cruzou para a área, Willian Oliveira apareceu, mas não conseguiu dominar, dando chance para o zagueiro Manoel mandar a bola para longe da área corintiana. As chances do Corinthians de marcar foram das finalizações de Mateus Vital. Uma aos sete minutos, após cruzamento de Bruno Mendez e outra em um chute forte defendido pelo goleiro Darley.

Na segunda etapa, os times vieram totalmente alterados, principalmente o Corinthias que só manteve o defensor Bruno Mendez. A partida reiniciou no mesmo ritmo da primeira etapa, movimentação mas muitos passes errados. Até que aos nove minutos, Naylhor abriu o placar do jogo, que subiu na cobrança de escanteio e desviou sem chances para o goleiro Caique França. 1 a 0 Botafogo.

Com o gol, o Pantera conseguiu boa troca de passes. Entregou até alguns dribles para a alegria da torcida. A falta de entrosamento corintiana também contribuiu para o momento do tricolor que ficou na frente até aos 21 minutos, quando Boselli cabeceou para o fundo do gol de Rodrigo Viana, 1 a 1. A jogada foi totalmente gringa com a participação do Gustavo. Spinoza lançou para Bruno Mendez, que desviou de cabeça para a área. Gustavo disputou com o goleiro e cruzou para Boselli marcar.

O time de Roberto Cavalo chegou mais perto da área adversária, mas o último passe não saía como o planejado. Aos 47 minutos, a festa foi totalmente tricolor. Em um lance chorado Erick Luis mandou para o fundo do gol corintiano. 2 a 1 para o Pantera e oportuno para o árbitro apitar o fim do encontro.