Em busca de afirmação, Botafogo reencontra algoz no Serra Dourada

Após interromper série de maus resultados contra o São Bento, Pantera pega o Vila Nova em Goiânia de olho no G4

Hemerson Maria, treinador do Botafogo - Foto: Agência Botafogo

Buscando a afirmação depois de uma série ruins de resultados, o Botafogo enfrenta na noite desta terça-feira (17) um antigo algoz: o Vila Nova. A partida está marcada para às 19h15, no estádio Serra Dourada, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O Pantera, que venceu o São Bento por 1 a 0 na última rodada, iniciou a 23ª rodada na sétima posição, com 32 pontos, contra 34 do Coritiba, quarto colocado. Já o Vila Nova está em 16º lugar, com 24 pontos.

As duas equipes decidiram o Campeonato Brasileiro da Série C em 1996. No primeiro jogo, em Goiânia, o Vila venceu por 2 a 1. Na partida final, no estádio Francisco de Palma Travassos, a vitória foi por 1 a 0, sacramentando o título para a equipe de Goiás.

Além do título nacional conquistado sobre o Pantera, o Vila leva ampla vantagem nos confrontos. Foram seis partidas no total, com cinco vitórias goianas e apenas um triunfo panterino. No último confronto entre as equipes, em 16 de maio deste ano, em jogo realizado no Santa Cruz, o Bota perdeu por 1 a 0.

O único triunfo do Tricolor ocorreu há quase 21 anos. No dia 6 de outubro de 1998, o Botafogo venceu o adversário por 1 a 0, no Estádio Santa Cruz, pela Segunda Divisão Nacional. Nesse ano, o Botafogo conseguiu o acesso para a Série A do Brasileirão.

Preparação

Com 32 pontos e na sétima colocação, o Tricolor pode retornar ao G4 nesta rodada. O time precisa ganhar do Vila Nova, além de torcer por um empate entre Coritiba e CRB e para um tropeço do Paraná diante do Guarani.

No treinamento desta segunda-feira, o treinador Hemerson Maria comandou um treino tático, onde priorizou as jogadas defensivas e ofensivas. O comandante botafoguense poderá contar com o zagueiro Leandro Amaro, que cumpriu suspensão na última partida. Ele, porém, ainda não definiu a equipe. Didi, que volta depois de suspensão, disputa a posição com Amaro.

No ataque, Henan deve ser mantido como titular, mas há chances de Rafael Costa surpreender e iniciar como titular. No meio campo, o treinador deve manter o mesmo time que iniciou a partida contra o São Bento.

Nenhuma postagem para exibir