Dmitri Abreu oficia conselheiros da S/A e pede que novo presidente da empresa seja indicado

Presidente do Botafogo FC oficiou membros do clube no Conselho de Administração da Botafogo S/A e solicitou reunião extraordinária para que tenha o nome indicado para ser novo presidente da empresa, cargo atualmente ocupado por Gerson Engracia Garcia

Foto: Grupo Thathi
Continua depois da publicidade

Junho deverá ser decisivo para a definição de uma questão que tem agitado o bastidor político do Botafogo. Neste mês, o clube poderá confirmar troca na presidência do Botafogo S/A, empresa que administra o Tricolor, passando o cargo atualmente das mãos do ex-presidente Gerson Engracia Garcia para o atual comandante do Botafogo FC, Dmitri Abreu.

Pelo menos essa é a expectativa de Dmitri Abreu, que aguarda por uma reunião extraordinária do Conselho de Administração do Botafogo S/A para que a questão seja discutida. “Como representante do sócio majoritário da empresa, que é o Botafogo, nós já oficiamos os nossos representantes no Conselho de Administração da S/A, requeremos que eles solicitassem uma reunião extraordinária do Conselho de Administração e dentre as providências que pedimos a serem tomadas está a indicação do novo presidente para a empresa. Estamos aguardando que essa reunião seja marcada para que essa questão seja resolvida”, revelou Dmitri.

Os membros que representam o Botafogo no Conselho de Administração são os ex-presidentes Miguel Mauad Neto, Rogério Barizza e Luiz Pereira.

Recentemente, Adalberto Baptista, presidente do Conselho de Administração do Botafogo S/A, efetuou uma troca do diretor responsável pelo setor financeiro da empresa. Dmitri ressalta que essa substituição e também a troca no comando do Botafogo S/A também podem ser feitas seguindo o estatuto que foi elaborado. “O acordo de acionistas diz que o clube indica o presidente do Botafogo S/A, enquanto que o nosso sócio (Adalberto Batista) indica o diretor financeiro. Então, o Botafogo deve indicar o novo presidente e tenho construído para que o meu nome seja indicado para a presidência do Botafogo S/A e assim espero que ocorra”, ressaltou Dmitri.

Em viagem por Buenos Aires, Gerson Engracia Garcia garante que não pode renunciar ao cargo de presidente do Botafogo S/A porque o cargo não pode ficar vago. Ele aguarda pelo posicionamento do Conselho de Administração do Botafogo S/A na reunião extraordinária que ainda será marcada. “Antes de tomar qualquer decisão preciso esperar pela decisão do Conselho de Administração e o clube não pode parar. Existe uma série de situações administrativas e burocráticas que precisam ser cuidadas e sempre temos que colocar o interesse do clube acima de qualquer outra questão”, afirmou Gerson.

Dmitri Abreu espera assumir a presidência do Botafogo S/A e complementar a busca de informações e detalhes sobre tudo o que já foi gasto até o momento pela empresa, os valores aplicados na construção da arena, entre outras situações. “Da nossa parte temos procurado entender e estudar todos os contratos que foram firmados entre o clube, o parceiro e o próprio Botafogo S/A. Estamos tranquilos com relação a essas análises e estamos aguardando o nosso sócio voltar de viagem para que a gente se reúna e defina os destinos dessa nova empresa que temos certeza que será de grande sucesso.”

O presidente do Botafogo FC confirmou que até o momento não recebeu o detalhamento de tudo o que já foi gasto até o momento e uma previsão orçamentário para o próximo ano da Botafogo S/A. Adalberto Baptista deve retornar a Ribeirão Preto até o final da semana.

Nenhuma postagem para exibir