Didi marca e Botafogo volta a vencer na Série B após quatro jogos

Zagueiro faz o único gol da partida; próxima partida do Botafogo é contra o Vila Nova na terça-feira (17), às 19h15

No lugar de Leandro Amaro, zagueiro Didi marca o único gol da partida. Foto: Raul Ramos/Agência Botafogo

Nesta sexta-feira (13), o Botafogo venceu por 1 a 0 o São Bento pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B, no estádio Santa Cruz. A vitória quebrou um jejum de quatro jogos sem ganhar e sem marcar do Pantera. O único gol foi do zagueiro Didi.

O Pantera soma 32 pontos e dependendo dos resultados, pode terminar a rodada em sexto. A próxima partida do Botafogo é contra o Vila Nova na terça-feira (17), às 19h15, no estádio Serra Dourada.

Primeiro tempo

Na sexta-feira 13, Botafogo e São Bento buscavam afastar o azar que rondava os dois clubes. Foi uma partida equilibrada e burocrática. A única coisa bela e agradável na noite era a lua cheia.

O Botafogo partiu para o ataque logo no inicio. Conseguiu um escanteio e o zagueiro Didi subiu livre e a bola raspou na trave.

Se o lance do minuto inicial não deu certo, aos quatro foi diferente. Lucas Mendes subiu pela direita e tentou o cruzamento, mas o zagueiro Gerson tirou a bola. Escanteio para o Pantera. Novamente, Didi subiu mais alta e dessa vez a bola foi para o fundo das redes. 1 a 0 Botafogo.

O gol não abalou o São Bento, que quase empatou aos 12 minutos com o atacante Caio Rangel. Quem via o jogo, tinha a sensação que o Botafogo estava goleando, pois o time relaxou. Quando arriscava, pecava nas finalizações ou parava no goleiro Renan Rocha.

Segundo tempo

O São Bento ainda buscava o gol e não desistia, principalmente no inicio do segundo tempo, que o modo retranca (maldição do futebol brasileiro) foi ativado no Botafogo. Aos cinco minutos, Darley impediu o empate do São Bento após cobrança de falta do meia Rodolfo.

A sorte estava no lado tricolor, que contou com falhas de posicionamento ofensivo do São Bento. Paulinho Boia (frustração da base do São Paulo e destaque na partida), fez o que quis no lado direito e cruzou para a área. Rodolfo escorou de cabeça, a bola passou, Rangel cutucou de volta para o meio da área e ninguém do Azulão apareceu.

O Botafogo voltou a atacar após uma cobrança de falta perigosa do meia Murilo. Já era hora do camisa 94 ser responsável pela bola parada próxima a área. O torcedor botafoguense ainda viu o volante Pablo não aproveitar uma furada da defesa do Azulão (Didi aproveitou).

Os tricolores que tiveram muitos gritos de gols impedidos pelas chances perdidas, seguraram a respiração aos 46 minutos quando Fábio Bahia, da entrada da área, bateu de voleio, no canto esquerdo de Darley, que saltou como um “gato” para espalmar a bola para escanteio.

Após quatro rodadas, o Botafogo voltou a balançar as redes, mas seu ataque continua inoperante, pois foi um zagueiro, em bola parada que marcou. E sobrou para o São Bento amargar a sua quarta partida sem vitória.