Comercial perde para o Desportivo Brasil e não avança para a semifinal da A3

Defesa falha, o Leão do Norte perde por 3 a 2 e sonho da A2 fica para o próximo ano

Foto: Rafael Alves/Comercial FC

Neste sábado (13), Comercial e Desportivo Brasil se enfretaram pelo jogo de volta das quartas de final do Paulista A3, no estádio Ernesto Rocco. Precisando da vitória para seguir, o Dragão Chinês conseguiu furar a defesa do Leão do Norte e venceu por 3 a 2. Thiago, Alex e Glauco marcaram para os donos da casa e Caio Vieira e Léo Coelho descontaram para o time de Ribeirão Preto.

O Comercial foi para Porto Feliz precisando apenas de um empate para seguir na competição e na busca pelo acesso. As duas equipes começaram estudando uma a outra para encontrar o melhor caminho para as suas ambições.

Aos 15 minutos, o Leão do Norte teve a primeira chance. João Marcos recebeu na entrada da área e chutou forte para a defesa do goleiro Eder. Aos 17, o Desportivo arriscou e foi eficiente. Em jogada iniciada com Carlinhos, Thiago apareceu nas costas da defesa e chutou para o gol na saída do goleiro Leandro Santos. 1 a 0 Desportivo Brasil.

Mesmo com o gol, o Comercial continuou bem na partida e buscando alternativas para chegar no gol adversário. Mas, não é a toa que o Dragão chinês tem o melhor ataque. O time sabe aproveitar as oportunidades. Aos 35 minutos, a equipe de Porto Feliz trabalhou a bola pelos lados, até que Lucas Douglas ajeitou para Alex, que de fora da área chutou para o gol. 2 a 0.

O primeiro tempo caminhava para o seu fim, mas aos 46 minutos, o árbitro marcou pênalti para o Comercial. Era a luz no fim do túnel para a equipe de Ribeirão ficar mais próximo do empate. Caio Vieira foi para a cobrança e, com paradinha, diminuiu a vantagem do placar. 2 a 1.

Em busca do empate, no segundo tempo, Ito Roque colocou Erik Bessa no lugar de Romarinho, para dar mais movimento e velocidade para a equipe alvinegra. Contudo, quem chegou primeiro no gol foi o Desportivo Brasil. Aos seis minutos, em uma cobrança de escanteio, Alex colocou a bola na cabeça de Glauco, que mandou para o canto baixo esquerdo do Leandro Santos. 3 a 1 Desportivo Brasil.

Após o gol, o Dragão Chinês arriscou mais no ataque, fazendo o Comercial jogar na defesa e no contra-ataque. Aos 20 minutos, Caique recebeu livre na área , tirou da marcação e chutou para a defesa do goleiro Eder. No escanteio, a bola sobrou para ele novamente que dominou e chutou por cima.

Após o lance de Caique, o Comercial começou a pressionar mais. Nos minutos finais, o time alvinegro foi para o tudo ou nada. Era a vez dos Dragão Chinês jogar na defesa. Aos 49 minutos, após tantas bolas jogadas na área, Caique passou para Léo Coelho marcar um belo gol. 3 a 2.

Mas não era o dia do ataque comercialino. Se no primeiro jogo, todos os sistemas do time de Ito Roque funcionaram, em Porto Feliz, não. E no duelo ataque contra defesa, o ataque do Desportivo foi eficiente e continuou na competição e na busca do acesso para a A2.